domingo, 5 de outubro de 2014

[Pós-Jogo] Derrota no Atletiba: Coritiba 1 x 0 Atlético Paranaense, no Couto Pereira

Veja como foi a derrota do Furacão por 1 a 0 contra o Coritiba

Em mais um boa atuação do sistema defensivo rubro-negro, desta vez quem "achou" um gol foi o adversário. Ofensivamente, o Atlético foi mal nas conclusões no primeiro tempo, e mal na criação no segundo.

O primeiro tempo foi praticamente todo dominado pelo Furacão, que teve chances claras de gol com Marcelo e Marcos Guilherme. Pelo lado do Coritiba, a única chance de gol foi de Joel, em falha grave de Cleberson.

Já o segundo tempo foi inteiro coxa-branca, que logo no primeiro minuto "achou" um belo gol de fora da área, sem chances para Weverton. A partir daí o Atlético Paranaense não criou mais, e acabou "chegando" apenas nas bolas paradas.

As notas dos jogadores atleticanos

Weverton 6 - Seguro quando cobrado, em poucas oportunidades criadas pelo Coritiba. No gol adversário pouco pôde fazer.

Sueliton 5 - Inseguro na marcação, perdeu muitos duelos diretos com Zé Eduardo, levando cartão amarela e sendo substituído no intervalo por isso. Na frente conseguiu criar a principal jogada do Atlético, perdida por Marcelo.

Cleberson 4 - Foi seguro na maior parte do jogo, até errar o tempo da bola num "balão" fácil de ser cortado e deixar Joel cara-a-cara com Weverton. A partir desse momento voltou a errar lances bobos.

Gustavo 5 - Regular. Não comprometeu.

Natanael 5 - Subiu mais ao ataque que em jogos anteriores, puxando alguns bons contra-ataques, mas pecando no passe.

Deivid 6 - Novamente bem, com muitos desarmes e poucos erros de passe.

Hernani 6 - Foi bem, com alguns bons desarmes e saindo bem pro jogo. Foi o "armador" do time.

Marcos Guilherme 2 - Mais uma vez teve chances e desperdiçou. No quesito passe foi um desastre, errando passes de 5 metros.

Marcelo 3 - Perdeu a melhor chance do jogo. Caiu em todas as jogadas mesmo sem sofrer falta.

Douglas Coutinho 4 - Perdeu boas chances de marcar, abaixo da média.

Cleo 6 - Mesmo sendo o jogador "menos técnico" do ataque, foi novamente o melhor do setor com boas assistências.

Damasceno 5 - sofreu duas ou três faltas que levaram perigo num momento em que o time não conseguia criar mais.

Sidcley 3 - Entrou apagado, mal novamente.

Mario Sergio 3 - Entrou errando tudo, é fraco demais.

Próximas rodadas

Na próxima rodada o Furacão enfrenta o São Paulo fora de casa. A derrota é provável, e nos deixará a "uma derrota" da zona de rebaixamento. Ou seja, a gordura adquirida no início da competição acaba em caso de derrota para o tricolor paulista.

A "boa notícia" é que depois o Atlético Paranaense terá uma sequência de dois jogos em casa. Vencer será obrigação. Considerando o resto da tabela, não conquistar 6 pontos nos próximos 9 disputados pode significar o rebaixamento.

SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário