terça-feira, 30 de setembro de 2014

[Pós-Jogo] Notas e melhores momentos de Atlético Paranaense 1 x 0 Corinthians - Arena da Baixada

Veja como foi a vitória do Furacão por 1 a 0 contra o Corinthians


Excelente atuação do sistema defensivo rubro-negro, que vinha muito mal nas últimas rodadas.


As notas dos jogadores atleticanos


Weverton 5 - Seguro para defender os poucos chutes do Corinthians na meta atleticana, inseguro em algumas saídas nos muitos cruzamentos da equipe paulista.

Sueliton 6 - Trabalhou boas jogadas ofensivas, pecou um pouco nos cruzamentos, regular na marcação.

Cleberson 6 - Acima de sua média, foi seguro nas bolas aereas, deu chutão quando necessário, muito bem.

Gustavo 5 - A única falha do sistema defensivo foi dele, deixando de cortar um bola relativamente fácil. Fez boas antecipações durante a partida.

Natanael 4 - Subiu pouco ao ataque, provavelmente orientado pelo treinador Claudinei, mas mesmo sem as subidas ao ataque, foi mal defensivamente, principalmente em lançamentos longos dos corinthianos em suas costas.

Deivid 8 - Um monstro em campo, com muitos desarmes e poucos erros de passe. Seus chutes, antes o pior se seus fundamentos, também tem melhorado. Volantes TEM que saber chutar bem.

Hernani 5 - Na média, com alguns bons desarmes, errou nos lançamentos e passes mais agudos.

Marcos Guilherme 4 - Muito correria, poucas jogadas criadas, várias bolas perdidas. Teve duas boas oportunidades em chutes de fora da área.

Marcelo 4 - Diversas oportunidades "do jeito que ele gosta", de frente para os zagueiros, em velocidade, mas sem sucesso na maioria delas. Conseguiu um ótima assistência, em cruzamento para uma cabeçada de Douglas Coutinho, que passou muito perto da trave.

Douglas Coutinho 5 - Foi, na partida, mais finalizador e menos "criador" ou "velocista". Atuação regular.

Cleo 7 - Conseguiu fazer bem o papel de pivô em algumas oportunidades, e teve todos os méritos da jogada do pênalti que sofreu e converteu.

Mosquito 3 - Pouco (pra não dizer "nada") fez.

Sidcley 4 - Entrou apagado, abaixo da sua média recente, quando tem entrado relativamente bem.

João Paulo - Sem nota.

SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Contra Chapecoense, o Atlético Paranaense foi um time "nota 3"

Os gols da derrota por 3 a 0 do Atlético Paranaense em Chapecó



As notas dos jogadores do Furacão


Weverton 4 - falhou feio no primeiro gol do time catarinese, e teve atuação regular pra ruim no restante da partida.

Sueliton 3 - falhou feio no segundo gol da Chapecoense. Ofensivamente teve atuação apagada. Erra muitos passes.

Cleberson 3 - o mesmo de sempre, falhas durante toda a partida.

Gustavo 4 - atuação de regular para ruim, errando em saídas de bola, falhando junto com o sistema defensivo como um todo nos gols.

Willian Rocha 4 - buscou bastante o ataque, principalmente em jogadas aéreas, ainda não justifica a saída do esforçado Natanael.
Passes de Hernani.

Deivid 4 - regular.

Hernani 5 - foi a válvula de escape do time, teve bom aproveitamente nos passes, mas não tem qualidade para ser O responsável pela criação do time.

Bady 3 - participou menos do jogo do que devia, errando todas as tentativas mais agudas de passes ou lançamentos.

Marcos Guilherme 2 - muita correria, muita vontade, pouca qualidade de passe, pouco poder de decisão, arma mais contra-ataques que qualquer jogador do elenco. Teve a única boa chance do time, passando na fogueira para o preguiçoso Marcelo.

Marcelo 3 - preguiçoso e desanimado por uma transferência não realizada que ele via como certa, viu todos os seus "assistentes" saírem do clube. Está longe de ser o responsável pela fase horrível, mas pouco contribui para melhorá-la.

Mosquito 2 - precisa pensar seriamente em voltar a estudar.

Sidcley 5 - entrou com muita vontade, como em outros jogos, mas ainda não conseguiu mostrar resultado efetivo.

Lucas Olaza 1 - entrou, errou uns 4 passes, fim de jogo. Outro que precisa seriamente voltar a estudar.

Marco Damaceno 2 - partiu pra cima dos adversários umas 4 vezes, perdeu a bola as 4 vezes.

Claudinei 3 - pouco pode/consegue fazer com esse elenco.

Próximas rodadas e o risco de rebaixamento


Nas últimas 10 rodadas empatamos com Sport (f), Bahia (c) e Palmeiras (c); vencemos o fraco Vitória (c); e perdemos para Goiás (f), Santos (f), Cruzeiro (f), Grêmio (f), Internacional (c) e Chapecoense (f).

Nas próximas 3 rodadas enfrentaremos: Corinthians (c), Coritiba (f) e São Paulo (f).

Com o futebol "médio" apresentado pelo Furacão nas últimas dez partidas, a tendência natural é perder os três próximos jogos, o que provavelmente nos colocará na zona do rebaixamento.

Vamos esperar o que para contratar?

SRN

---

Leia também:

Um elenco simples que poderia fazer o Atlético disputar o G4
Análise do elenco atleticano de 2014 vs 2013

---
RSS - Twitter - Facebook

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Um elenco simples que poderia fazer o Atlético disputar o G4

everton atletico paranaense
Everton brilhou em 2013 no Atlético-PR
Após mais uma derrota com falhas individuais na defesa, fiquei imaginando o que o elenco do Atlético Paranaense precisaria para não passar sustos e, quem sabe, até disputar uma vaga no G4.

A resposta, na minha opinião, seria esse elenco:

Goleiros

Weverton, Santos, Rodolfo;

Laterais

Sueliton, Leo, Natanael, Willian Rocha;

Zagueiros

Manoel, Luis Alberto, Gustavo e Leo Pereira;

Volantes

Deivid, Bruno Silva, Hernani, Otávio, João Paulo, Zezinho;

Meias

Everton, Elias, Marcos Guilherme, Nathan, Bady;

Atacantes

Marcelo, Ederson, Dellatorre, Douglas Coutinho.


Com este elenco teríamos a garantia de um campeonato sem sustos, com pouco gasto a mais do que o atual. A única "venda não realizada" seria a de Ederson. Com mais uma ou duas contratações pontuais, de qualidade, disputar o G4 seria uma real possibilidade.

Se o problema é dinheiro, competência, ou mesmo convicção, não sei. Mas o fato é que a diretoria tem no "futebol" a menor das prioridades neste ano. A espera pela volta a Baixada já acabou, e a desculpa "muleta" da falta de recursos devido a Copa do Mundo deve continuar pelo menos até o ano que vem.

Ora, se faltam recursos e capacidade para contratar, que não se perca / descarte os valores já encontrados! Essa é a principal lição que o Atlético Paranaense deve levar para os próximos anos.

SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Análise do elenco atleticano de 2014 vs 2013

Já são cinco partidas seguidas do Atlético Paranaense, pelo Campeonato Brasileiro 2014, sem vitórias. Toda a "gordura" conquistada no início do campeonato já foi gasta, e confirmando as avaliações óbvias do elenco atleticano, hoje estamos na disputa contra o rebaixamento.

Olhando para o time que estrará em campo na próxima rodada, a preocupação aumenta. O elenco é nitidamente mais fraco que o de 2013, que segundo o próprio presidente Mario Celso Petraglia, foi montado para não cair.

Visando entender melhor o momento do time, coloco "na ponta do lápis" quatro times diferentes, de 2014 e 2013, para avaliar a queda de qualidade.

Melhor momento do Atlético Paranaense em 2013
flamengo maracana
[Foto: Ricardo Ramos / Gazeta Press]


Time titular: Weverton 8, Leo 5, Manoel 9, Luis Alberto 6, Pedro Botelho 5, Bruno Silva 6, João Paulo 4, Paulo Baier 7, Everton 8, Marcelo 8, Ederson 7.
Reservas importantes: Deivid 4, Zezinho 5, Fran Merida 5, Elias 6, Dellatorre 6, Roger 4.
Elenco nota 6.1

Último jogo do Atlético, contra o Vasco, em 2013


Time titular: Weverton 8, Leo 5, Manoel 9, Luis Alberto 6, Maranhão 3, Deivid 4, João Paulo 4, Paulo Baier 7, Everton 8, Marcelo 8, Ederson 7.
Reservas que entraram: Juninho 2, Zezinho 5, Felipe 5.
Elenco nota 5.7

Time titular do Furacão em 2014
atletiba maringa
[Foto: furacao.com/Joka Madruga]


Time titular: Weverton 8, Sueliton 6, Cleberson 3, Leo Pereira 3, Natanael 7, Deivid 4, João Paulo 4, Nathan 5, Marcos Guilherme 6, Marcelo 6, Cleo 5.
Reservas importantes: Otávio 4, Bady 4, Dellatorre 6, Douglas Coutinho 7.
Elenco nota 5.2


Provável time que iniciará a partida contra o Grêmio nesta quarta-feira (10 de setembro)


Time titular: Weverton 8, Mario Sergio 4, Cleberson 3, Willian Rocha 4, Natanael 7, Deivid 4, Paulinho Dias 3, Nathan 5, Marcos Guilherme 6, Marcelo 6, Dellatorre 6.
Reservas que podem entrar: Bady 4, Carlos Alberto ?, Mosquito 4.
Elenco nota 4.9

Conclusões


O elenco manteve qualidade no gol, aumentou de qualidade nas laterais e perdeu qualidade em todos os outros setores, inclusive no ataque, já que Marcelo caiu muito de rendimento.

Considerando a "escolha" da diretoria de disputar o Campeonato Brasileiro 2014 para não cair, a proposta de manter um elenco jovem é louvável. Mas a perda de jogadores importantes, como Manoel e Everton, deixou uma "lacuna técnica" muito grande no elenco, e faltou reposição.

Também é curioso pensar que "apenas" mantendo alguns dos bons jogadores que foram dispensados (por diversos motivos) provavelmente estaríamos em situação mais tranquila. Jogadores como Manoel, Luis Alberto, Bruno Silva, Zezinho, Elias, Everton e Ederson elevariam o nível do elenco consideravelmente.

Mesmo assim, a gordura conquistada no início do campeonato foi grande para as pretensões do clube neste ano, e vencendo as partidas contra os times considerados mais fracos podemos ter um campeonato "sem susto". Assim, em 2015, essa base de jogadores jovens pode fazer a diferença positivamente.

SRN

domingo, 7 de setembro de 2014

[Pós-Jogo] Atlético Paranaense 1 x 1 Palmeiras - Arena da Baixada

Notas e avaliação dos jogadores do Atlético Paranaense


Weverton - nota 5

Fez duas boas defesas, saiu mal em duas oportunidades.

Mario Sergio - nota 4

O lateral precisa ser orientado, não faz UMA jogada de linha de fundo mesmo com a jogada desenhada para isso. Participa bastante do jogo, mas sempre corta para o meio, normalmente adiantando demais a bola e criando contra-ataque para o adversário. No final, acertou o passe para a bola do jogo, que Marcos Guilherme desperdiçou.

Cleberson - nota 5

Não comprometeu.

Drausio - nota 4

Quase comprometeu, saiu machucado.

Natanael - nota 5

Tímido do primeiro tempo. Já no segundo, cresceu com a expulsão do jogador do Palmeiras.

Deivid - nota 5

Depois de um bom primeiro tempo, no segundo, depois do adversário ficar com 10 em campo, caiu de rendimento, já que o time passou a depender dele para passes longo, um de seus piores fundamentos.

João Paulo - nota 6

Foi regular enquanto esteve em campo, sendo a principal peça de criação para o time, que pouco criou. Fez dois ótimos lançamentos para Marcelo (a única jogada do time).

Nathan - nota 6

Precisa ganhar jogadas decisivas. Como coadjuvante vai bem, com qualidade no passe e visão de jogo. Mas na hora do último drible, do último passe, e do chute a gol... falta muito.

Marcos Guilherme - nota 2

Corre muito, tem espírito de luta. Mas parece sempre estar mal posicionado, sempre correndo atrás da bola. Perdeu bolas no meio muito perigosas, criando contra-ataques para o Palmeiras. E teve a bola do jogo, isolado por cima do gol.

Marcelo - nota 2

Sonolento, quase parando. Tem voltando muito pra marcar, provavelmente a pedido dos treinadores. Em uma dessas acabou fazendo um pênalti tosco.

Dellatorre - nota 7

Melhor jogador em campo neste empate. Correu muito, lutou em todas as jogadas, como pivô, como ponta, se movimentando bem pelo ataque. Perdeu o gol pra depois fazer de calcanhar, no mesmo lance. O jogador que era uma boa opção em 2013 passa a ser a melhor opção em 2014, pra pensar.

Willian Rocha - nota 2

Um desastre, entrou e no primeiro lance "deu o gol" para o Palmeiras. Sorte que o atacante perdeu. Na sequência manteve a média baixa, errando praticamente todos os lançamentos que tentou, alguns fáceis.

Paulinho Dias - nota 3

Entrou, tocou a bola 487 vezes para trás e para o lado, fim de jogo.

Bady - nota 5

Entrou, se movimentou bem, chutou uma bola fraca pro gol, fim de jogo.

Melhores momentos do empate Atlético Paranaense 1 x 1 Palmeiras



SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Reinauguração da Arena da Baixada - Notas dos jogadores

arena da baixada
Foto: Marco Oliveira / Site Oficial

Notas e avaliações de cada jogador do Atlético Paranaense


Weverton - nota 8

Fez uma defesa sensacional num contra-ataque que poderia matar o jogo no primeiro tempo.

Mario Sérgio - nota 4

Muita, muita, muita vontade... Pouco, pouco, pouquíssima qualidade...

Cleberson - nota 4

Não comprometeu.

Drausio - nota 3

Quase comprometeu.

Natanael - nota 5

Abaixo da sua média, que é alta, fez jogo regular.

Deivid - nota 9

Melhor jogo que já vi de Deivid, fez até gol.

João Paulo - nota 6

Foi o único jogador do Atlético que arriscou passes longos e incisivos, acertou boa parte deles. Também fez um desarme sensacional no começo do jogo que gerou lance de perigo.

Nathan - nota 5

Pareceu uma enceradeira. Criou uma chance ótima de gol.

Marcos Guilherme - nota 6

"Motorzinho" do time, mas ainda falta algo ao garoto.

Marcelo - nota 5

Fez um "gol feito", perdeu outro "gol feito", criou algumas jogadas, jogou melhor do que vem jogando.

Cleo - nota 3

Perdeu um "gol feito", saiu machucado.

Mosquito - nota 2

Entrou, fez 487 faltas estúpidas, fim de jogo.

Dellatorre - nota 5

Continua sendo um bom reserva. Boa opção pra ter no elenco.

Paulinho Dias - nota 6

Entrou, fez a jogada do segundo gol, deu uns 5 passes bizonhos pra trás, fim de jogo.

Voltamos pra casa, voltamos pra Baixada


Jogo, time, campeonato, tudo a parte... o importante ontem foi a volta pra casa. Baixada, estamos de volta!

reinauguração baixada 2014

reinauguração baixada 2014





SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

[Pós-Jogo] Goiás 3 x 1 Atlético Paranaense - Serra Dourada

Mais uma derrota. Agora somos a pior defesa do campeonato em número de gols sofridos. O ataque também parou de funcionar.

Contra o Goiás, o Atlético Paranaense foi um amontoado no primeiro tempo.

Com Marcos Guilherme, correndo como um louco. Como corre o garoto, mas completamente perdido no gigante campo do Serra Dourada.

Com Marcelo, mais preguiçoso que jogador com salário atrasado querendo derrubar treinador.

Com Paulinho Dias, que de 10 passes que tenta, 9 são pra trás, e ainda consegue errar uns 5.

Com Natanael e Sueliton sendo as únicas válvulas de escape do time. E quando atacam ninguém cobre o contra-ataque. É perigo certo.

Com Deivid.

Com Cleberson.

Com Drausio.

Que a volta da torcida inspire uma qualidade já esquecida lá no primeiro semestre.

Que São Nowak nos proteja.

Melhores Momentos da derrota



Notas dos jogadores do Atlético-PR


Weverton - nota 3
Sueliton - nota 5
Cleberson - nota 2
Drausio - nota 2
Natanael - nota 5
Deivid - nota 4
Otávio - nota 3
Paulinho Dias - nota 0
Marcos Guilherme - nota 3
Marcelo - nota 3
Cleo - nota 5
Douglas Coutinho - nota 5

SRN

---
RSS - Twitter - Facebook