segunda-feira, 15 de julho de 2013

Atletiba e o filme que se repete ano após ano

atletiba
A bola do jogo, a imagem do jogo.
Weverton: 6

Fez duas boas defesas, uma num lance em que o bandeira não marcou impedimento claro de Deivid. Falhou em duas saídas de bolas, cortadas pela zaga.

Leo: 5.5

Foi muito mal durante praticamente toda a partida, mas após o gol coxa-branca, melhorou, e deu o passe para a bola do jogo, que Marcão perdeu.

Manoel: 7

Absoluto na zaga, deu pouco dos seus "chutões", seguro.

Luiz Alberto: 5.5

Atuação boa para seus limites, afastando a bola de qualquer maneira em lances fáceis e complicado.

Pedro Botelho: 3

Atacando, levou algum perigo buscando passes na diagonal para Ederson. Defendendo, o desastre de sempre, sendo principal responsável pela jogada do gol coxa-branca. Também protagonizou um lance bizarro, onde tomou um tapa de Robinho, valorizou demais e acabou com um amarelo injusto.

Bruno Silva: 6

Bem no início da partida, mas depois caiu de produção. Tem potencial para ser o primeiro volante titular.

Juninho: 5.5

Regular, marcou bem Alex nos momentos em que esteve colado no meia, mas com a bola nos pés, é limitado.

João Paulo: 5

Tecnicamente longe da sua melhor fase, ano passado, sempre marcou pouco, mas agora erra muitos passes também.

Zezinho: 3

Participou pouco do jogo, como de costume. Defendo que Zezinho só pode ser útil ao elenco se deslocado para segundo volante, disputando posição com João Paulo.

Everton: 7.5

Melhor jogo da principal contratação do Atlético para a temporada. Participou muito do jogo, com bons passes e cruzamentos, ganhando praticamente todas as jogadas em que esteve de mano da lateral para o meio.

Ederson: 5

Fez bem o pivô em algumas jogadas, desperdiçou uma chance num voleio difícil de ser executado.

Marcão: 2

Entrou bem no jogo, deu dois passes para finalização, mas no final... nem vou falar nada...

Paulo Baier: 3

Entrou, bateu uma falta.

Marcelo: [sem nota]

Entrou muito no final, deu tempo apenas para uma jogada sem sucesso pela direita.

Alberto: 3

Mudou o esquema do time para se defender, e com 5 jogadores no meio, obviamente ganhou o meio-campo, mas sem qualidade de saída. Além disso, manteve Zezinho como meia, o que já sabemos que dificilmente dá certo.

---

O jogo

Na minha visão, Alberto mudou o esquema do time praticamente para um 4-1-4-1, onde Bruno Silva e Juninho revezavam como primeiro volante para marcar Alex. A linha de quatro da frente tinha Everton de uma lado e Zezinho do outro, com Ederson isolado na frente.

Everton levava perigo, por ser jogador da posição, já Zezinho pouco fez aberto pela direita e acabava sempre centralizando.

Pra mim esse esquema mais "defensivo" pode até funcionar se tiver qualidade também na saída de bola, ou seja, trocar Juninho, João Paulo ou Bruno Silva por meias.

Neste esquema, eu teria entrado com essa formação no meio (tornaria o time até mais ofensivo do que já era, com a bola):

Bruno Silva, Ederson, Zezinho, João Paulo, Everton.

---

O filme que se repete

Somos vice-lanternas, e estamos seguindo a receita dos últimos 7 anos: iniciar o ano com um time fraco, mudar de técnico duas ou três vezes até perceber que precisamos de novos jogadores. Aí contrata, tenta não cair, e repete tudo no ano seguinte...

SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário