quarta-feira, 5 de junho de 2013

O que 30 mil sócios podem representar para o Atlético nos próximos anos?

O Atlético recentemente lançou uma campanha para chegar ao número de 30 mil sócios ainda neste ano, por isso resolvi fazer um exercício rápido para saber o quanto esse número (30 mil sócios) pode representar em grana para o Clube.

Como não sabemos exatamente o número de cadeiras em cada setor, simplifiquei a divisão da seguinte maneira:

Sócio Fan - 5000 lugares (Buenos Aires Inferior);
Sócio Furacão - 23000 lugares;
Sócio Plus - 13000 lugares (Setor Brasílio Itiberê);
Sócio VIP - 1000 lugares (Camarotes Brasílio Itiberê);

Considerando que o setor Fan deve ser 100% preenchido, dividi o resto da ocupação (quase que) igualmente entre as outras modalidades, e o resultado ficou assim:

  • Considerando os valores praticados em 2013, em 12 meses o clube faturaria cerca de 25 milhões de reais;
  • Em 2014 esse valor pularia para 44 milhões de reais;
  • Em 2015, o 30 mil sócios passariam a representar um faturamento de 68 milhões de reais.

Simulação TOTALMENTE NÃO OFICIAL do possível faturamento com Sócios

Esses valores estão longe de ser exatos, já que existem alguns "poréns" que podem alterá-los, como o percentual de ocupação em cada setor, e os períodos diferentes de carências dependendo da data da associação.

Mas a ideia aqui não é ser exato, e sim mostrar como a associação em massa pode mudar completamente o cenário financeiro do Clube nos próximos anos.

Se em 2012 o Atlético obteve um faturamento na casa dos 80 milhões de reais (eliminando a grana da Arena), até 2015 esse faturamento não deve crescer tanto, já que os valores de verbas de televisão já foram negociados com a Globo até 2015.

Com 30 mil sócios pagando os valores previstos para 2015, o faturamento do Atlético poderá pular para a casa dos 150 milhões de reais.

Por isso torcedor, é hora de virar Sócio Furacão! http://www.sociofuracao.com/


SRN

---
RSS - Twitter - Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário