segunda-feira, 2 de julho de 2012

"William Batoré e o Atlético", um conto "meio que" verídico


"Foi em 2009, ano em que o Avaí fazia uma boa campanha no Campeonato Brasileiro, e o Atlético seguia ano apoś ano brigando contra o rebaixamento.

Era dia 31 de outubro, mesmo preocupados com o possível rebaixamento e dois jogos depois de ver, "in loco", o Coritiba nos vencer por 3 a 2, fomos eu e meu pai pra Floripa ver o Furacão enfrentar a surpresa que tinha acabado de subir da Série B, o Avaí do técnico Silas.

Não jogávamos nada, e o Avaí abriu o placar logo cedo. Foi um dos piores jogos naquele ano, com o time sem vontade, sem raça, sem qualidade alguma, e com o Delegado pouco podendo fazer no banco. Pra completar a lambança, aos 34 minutos do segundo tempo, Willian Batoré (caneleiro, pangaré e ex-verde) recebe um cruzamento da direita e emenda uma bicicleta sensacional: golao, 2 a 0, cachão fechado.

Foi quando meu pai me olhou, meio que rindo pra não chorar, e disse: "Esse Willian Batoré seria uma boa no nosso ataque hein". Eu nem esperei ele se explicar e mandei: "O dia em que Willian Batoré for solução pro nosso ataque eu desisto..."

---

Segue alguns gols importantes do Willian pelo Avaí:



---

Pois é, e segundo a jornalista Nadja Mauad, Willian Batoré pode ser o novo reforço do Furacão pra SÉRIE B 2012. E PIOR, pode ser a SOLUÇÃO!

QUE FASE!

Ah, e eu não desisti!

SRN

---

Referências: Furacao.com e Blog da Nadja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário