segunda-feira, 4 de abril de 2011

Adilson é mais técnico, mais vibrante, mais regular, e até mais atleticano

Geninho vai!

Deixo aqui meu muito obrigado a Geninho, eterno ídolo rubro-negro. Infelizmente, é um "obrigado por tentar", mesmo assim nunca esquecerei das vitórias que ele nos trouxe.

Não culpo Geninho pelo fracasso nesse início de temporada. E não o culpo por acreditar que ele não era, nem de perto, o nome certo para o cargo nesse momento.

Em 2008, quando assumiu, veio para apagar incêndio, com um elenco fraco que precisava mesmo era de motivação. E esse sempre foi o forte de Geninho.

Eu mesmo, não gosto dessa coisa de técnico motivador, de elenco fraco psicologicamente, parecem desculpas para o fracasso.

Mas presenciando o que o Atlético passou nesses últimos anos, não tem como negar que esses são fatores importantes no futebol. Por isso Geninho, mesmo sem apenas regular tecnicamente, conseguiu "montar" equipes vencedoras.

Adilson vem!

Só que neste ano temos um elenco com maior qualidade do que nos anos anteriores. Precisamos de um técnico de ponta, vibrante, de atitude, como Adilson Batista.

Adilson é o tipo de técnico que não fica esperando um milagre quando o time está mal, ele tenta é resolver mesmo, se preciso tirando o craque que está mal naquela partida.

Mas o novo técnico terá um problema sério, na minha opinião: a condição física do elenco.

O Atlético, em 2011, fez apenas 3 semanas de pré-temporada, e logo entrou numa maratona de 2 jogos por semana, durante quase 3 meses.

Pra recuperar esse "tempo perdido", ou mal gasto, eu acredito que a solução seja abandonar o Paranaense, e apenas treinar para a Copa do Brasil.

E o Atletiba? Joga com o time B mesmo, qual o problema? Não vale nada pra gente!

Pra mim, melhor uma Semi-Final de Copa do Brasil (onde nunca chegamos) a um título de Campeonato Paranaense!

PS.: Por não estar a par dos fatos sobre a maneira como a mudança foi feita pela diretoria, prefiro ainda não comentar sobre isso. Mas que a diretoria vem metendo os pés pelas mãos, é fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário