segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Nem 8 nem 80

Será que Sérgio Soares dura mais
que o Lio Evaristo durou?
Até ontem o time era seleção pra muita gente. Agora não serve pra nada, nem pro Paranaense?

É lógico que o jogo de ontem foi decepcionante, mas quando o Atlético vai bem na estréia? Ir bem ou mal na estréia não significa muita coisa, na minha opinião.

Primeiro porque eu acho que o time titular não devia nem ter entrado em campo. A pré-temporada é curta demais, e um preparação decente, sem jogos "atrapalhando" no meio do caminho, pode fazer a diferença no final do ano. Se o time fosse inteiro novo, não se conhecesse, tudo bem, o entrosamento seria até mais importante do que a parte física. Mas o time se conhece, conhece o técnico, essa é a vantagem de manter praticamente todo o elenco de uma temporada pra outra.

E segundo, não me surpreendi com o futebol apresentado nessa estréia. Afinal o que o torcedor esperava dos 11 titulares que entraram em campo? Uma zaga mais segura sem Rhodolfo salvando as falhas de Manoel? Um ataque matador com o mesmo Nieto que tanto errou no final do ano passado? Ou esperavam Deivid acertando passes, como nunca fez?

Era lógico que o time não produziria como no final da temporada passada. Por N motivos:

- menos motivação;
- menos condicionamento físico;
- goleiro titular vendido;
- melhor defensor "vendido";
- melhor volante vendido (mesmo não sendo tão bom assim);
...

Mas do mesmo jeito que eu esperava um jogo ruim, também acreditava em algumas boas atuações, principalmente de Madson.

E o baixinho não me descepcionou. Achei que o meia foi bem, se movimentou DEMAIS, acertando muitos passes, concluindo a gol, e no segundo tempo fez 3 jogadas muito interessantes, de toques curtos e rápidos, com Branquinho e Ivan González.

No final das contas, essa derrota não diz muita coisa nova sobre o elenco, apenas confirma o que os atleticanos já sabiam:

- Neto vai fazer falta (não confio em João Carlos);
- Manoel está falhando demais (desde o final do ano passado);
- Rhodolfo vai fazer muita falta (não porque Rafael Santos é fraco (ele é bom jogador), mas porque agora quem salvará os erros de Manoel?);
- Paulinho é bom jogador, mas nada excepcional;
- Wágner Diniz corre muito, chega bem à frente, mas erra muito;
- Chico, mesmo limitado, é melhor que Deivid, Vítor ou Alê;
- Baier... é o Baier;
- Branquinho é irregular, e foi bem ontem;
- Madson realmente pode jogar muito por aqui;
- Guerrón corre muito, busca jogo, tem raça, mas erra DEMAIS;
- Nieto pode ser útil, fazendo o pivô por exemplo, mas não é matador (quem sabe Lucas ou Henan mudem essa situação);
- Ivan González é um bom reserva;

Segue os gols da partida:

2 comentários:

  1. Concordo com tudo. O Sérgio Soares fica se o time for campeão. O time é limitado e será mais um simples coadjuvante no campeonato brasileiro. Enquanto não pensarmos "grande" não adianta se iludir.

    ResponderExcluir
  2. O Arapongas é verde e branco. Isso explica muita coisa!! rsrsrs

    ResponderExcluir