segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

A partir de agora, manter Rhodolfo é obrigação

"Facão do Guile"

Com o fechamento da Janela de Transferências de jogadores para o exterior, acabaram as chances de Rhodolfo ir para Europa ainda nesse início de ano.

Rafael Félix, empresário do jogador, confirmou a Gazeta do Povo que o zagueiro não vai mais para o exterior.

Segundo o empresário, agora depende do Atlético, já que vários clubes do Brasil mostraram interesse em contratar o "Guile rubro-negro".

Sendo assim, o "acordo de cavalheiros" entre o jogador e o presidente Marcos Malucelli não importa mais, já que era válido para transferências para a Europa.

Por isso acho que agora é obrigação manter Rhodolfo no Atlético. O zagueiro jogou muito ano passado, e ficando no CAP só tem a crescer. Uma transferência para um clube do eixo seria apenas uma ponte (curta) para Europa, fortalecendo um adversário direto (brasileiro) tanto tecnicamente como financeiramente.

Ficando no Furacão, Rhodolfo já tem entrosamento com os companheiros e confiança da torcida. A chance de manter o nível de seu futebol é grande. Isso aliado a uma boa campanha na Copa do Brasil, por exemplo, pode levá-lo a seleção Brasileira antes da Europa.

Que aumentem o salário, vendam Manoel, mas manter Rhodolfo se tornou prioridade.

#FicaRhodolfo

Finalmente o time evoluiu, mas é o suficiente?

Finalmente o Atlético venceu com um placar folgado! Depois de quase um ano vencendo por apenas um gol de diferença, sempre no sufoco, o Furacão venceu com "tranquilidade".

O resultado foi inquestionável, o Furacão mereceu vencer, principalmente pela atuação de Paulo Baier.

Mas no Paranaense, o que importa (pelo menos pra mim) é enxergar evolução. E depois de 4 partidas sem praticamente nenhum ponto positivo, na partida de ontem o Atlético evoluiu.

Começando pela formacão do time, num 4-3-3 seguro, com dois volantes, um meia solto, laterais subindo um de cada vez, e com os atacantes se movimentando demais, sempre alterando posição. Falando dessa forma parece que foi tudo perfeito, mas também não foi assim. O time evoluiu, mas ficou longe da perfeição.

Esse trio promete!
E individualmente falando...

Na zaga, ainda falta entrosamento, e mesmo com Gabriel não fazendo uma partida tão boa (como Fernando Gomes insistiu em comentar), foi melhor que Manoel; Rafael Santos ainda não ACORDOU para o jogo, mas ainda vai evoluir durante o ano.

Nas laterais, pela esquerda Paulinho conseguiu fazer boas jogadas com Madson e chegou na cara do gol em duas oportunidades no primeiro tempo, mas aí foi muito mal e tentou o cruzamento nas duas, errando também nas duas; pela direita, Marcos Pimentel foi sofrível (apesa de ter dado UM passe espetacular para Baier, no lance do primeiro penâlti, que foi claro). O lateral contratado a pedido do técnico Sérgio Soares é fraco, lento, defende mal e ataca pior ainda, perde bolas bobas no meio-campo e parece não cansar de armar contra-ataques pros adversários, e pra finalizar, não consegue se entender com Guerrón.

No meio, Alê não surpreendeu, foi péssimo como nas outras partidas. Lento, inseguro e com muitos passes errados, não pode ser titular do Atlético, e ainda arrancar elogios do treinador depois de uma partida como essa (sim, Sérgio Soares elogiou o rapaz); Já Fransérgio surpreendeu, fez boa partida, correndo muito, se posicionando bem e aparecendo no ataque. Parece ter futuro.

Na frente Paulo Baier fez o que quis. Marcado a distância, o maestro participou de todos os gols atleticanos, do começo ao final das jogadas. Além disso ainda desarmou os adversários em duas oportunidades; Madson não decepciona, corre demais, vai pra cima, reclama, luta, passa e faz gols... baita jogador; Guerrón não foi tão bem, em parte pela presença (ou ausência) de Marcos Pimentel na direita, mas ainda assim deu passe pra gol; e Lucas é matador, artilheiro, e vai nos dar muitas alegrias esse ano. Jogador que joga pro time, busca jogo, abre nas pontas, faz o pivô, e mete gol. Atacante completo.

Sérgio Soares acertou em colocar Vítor, tirando Alê, e espero que continue assim pra próxima partida, já que o time melhorou.

Mas é isso, segue os gols da partida e alguns outros comentários na web:



Augusto Mafuz: Solidão
Blog da Baixada
Meu querido Furacão: Vencemos, mas será que convencemos?
Meu querido Furacão: Sem máscaras
Herdeiros da Baixada: Au au au, queremos lateral!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Pra mim chega de Sérgio Soares, pega o boné e vaza!

O jogo e o técnico

Derrota merecida, numa apresentação horrível do Furacão no Germano Krüger.

O Operário dominou o jogo, abriu o placar, e soube manter segurar o Atlético, saindo apenas nos contra-ataques.

O Furacão teve apenas três chances de marcar, duas vezes com Paulo Baier e outra com Guerrón.

Independente de concordar ou não com o time principal fazendo 2 partidas por semana em pré-temporada, depois de 4 atuações sofríveis do time principal, a culpa só aponta para um nome: Sérgio Soares.

Não temos padrão de jogo, jogadas ensaiadas, ultrapassagens nas laterais, motivação dentro de campo, e até mesmo na bola parada os jogadores parecem estar perdidos.

Esses são todos problema de técnico, e Sérgio Soares não dá sinais de que seja capaz de resolver.

A solução seria trocá-lo já, no início da temporada? Talvez, mas quem colocar no lugar? Problemão pra diretoria!

Chegada no Germano Krüger, entrada do torcida do CAP foi por uma pequena portinha.
Desempenho individual

João Carlos - Muito mal, socou a bola em duas oportunidades que podia segurá-la, saiu jogando errado em 3 oportunidades, e falhou num lance bizarro em que quase entregou a bola de presente ao atacante adversário;
Marcos Pimentel - Horrível. Demorava a passar a bola, ficava girando em torno de sí mesmo e acabava perdendo a bola para o primeiro adversário que pressionasse;
Rafael Santos - Regular, é o titular;
Manoel - Quer sair. A expulsão do jogador foi típica de quem quer arrumar confusão pra facilitar a saída;
Paulinho - Não espero muito dele. Ele é regular, raramente é destaque positivo, as vezes vai muito mal, mas normalmente é esse futebolzinho sem sal mesmo. Seria válido testar o Heracles numas 3 ou 4 partidas seguidas;
Alê - Fraquinho. Mesmo considerando que nos primeiros jogos o volante jogou sozinho, não gostei do futebol do Alê. Ele erra passes DEMAIS, mesmo tendo sido contratado como "segundo volante que sai bem pro jogo";
Deivid - A mesma coisa de sempre. Correria, muita marcação, pouca qualidade com a bola no pé, evoluindo pode virar um "mini Valencia", mas falta MUITO pra chegar lá. É útil para o elenco;
Paulo Baier - Foi bem. Apareceu duas vezes finalizando (uma pra fora, e outra com milagre do goleiro do Operário), mas nos cruzamentos não foi bem;
Branquinho - O pior em campo. Foi sofrível a atuação do meia. Errou tudo que tentou, armou contra-ataques, não acompanha ninguém nem pra cercar, não aparece mais para finalização, enfim, horrível;
Guerrón - É na vontade. O Guerrón é isso, vai tentar, vai errar e vai acertar, mas sempre lutando. É titular e acabou;
Lucas - Foi bem. Buscou jogo durante toda a partida, ganhou várias jogadas nos lançamentos horríveis diretos da zaga, e conseguiu fazer o pivô algumas vezes. Falhou junto com a zaga no gol do Operário, ao não acompanhar o atacante.

Henan - Tem futuro;
Ivan González - Só correria;
Gabriel - Sei lá, nem reparei que entrou... (!!!)

Sérgio Soares - Péssimo. Coloca o time principal pra jogar duas vezes por semana, com 10 dias de pré-temporada, e mesmo assim não consegue fazer o ataque que tem Baier, Branquinho, Madson, Guerrón e Lucas funcionar. Pra mim chega. Já provou que não serve, pega o boné e vaza! 

Ps.: isso que eu sou contra o troca-troca constante de técnicos...

Atualização: Agradecimento especial aos #TuiteirosDaBaixada, pela excursão pra PG! Vou usar as palavras do Blog do Giu: "Fica aqui apenas o agradecimento pela maravilhosa organização do #TurismoTuiteiro e pelas companhias que fizeram com que a noite não fosse um total fracasso."

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Tem coisas que só o Campeonato Paranaense faz por você!

Nesse post vou iniciar a série: "tem coisas que só o Campeonato Paranaense faz por você!"

E a primeira da série aconteceu ontem. Jogo no Janguito Malucelli, quarta-feira, às 4 horas da tarde! Isso porque o "Eco-estádio", que não passa de algumas cadeiras instaladas num barranco com grama, não tem iluminação.

Aí eu pergunto, porque liberar um estádio sem iluminação?

Mas isso é problema pequeno perto de todos que envolvem o Paranaense...

No final das contas, devido ao horário da partida, não pude assistir, mas escutei na rádio. E foi bizarra a distância entre as avaliações feitas pelos comentaristas e pelos torcedores. Como eu confio mais na opinião dos companheiros torcedores/blogueiros, segue os gols e alguns links para os que virão a partida:



Blog do Barilcka - Três Ponto;
Blog do Giu - No sufoco;

Atualização: E agora os Melhores Momentos, do site NoticiaFC.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Cáceres parece ser um ótima aposta

O diretor de futebol Valmor Zimermann confirmou para jornalista Nadja Mauad que o Furacão tem interesse em contratar Cáceres, volante do Cerro Porteño. (clique aqui para ler a entrevista)

Busquei alguns momentos do jogador na Copa Sulamericana, e gostei do que vi. Obviamente, é impossível ter certeza da qualidade de qualquer jogador por vídeo, já que até o Pedro Oldoni tinha um vídeo onde parecia ser "craque". Mas de qualquer maneira, fica o registro.

Se esse for realmente o Cáceres que estamos falando, segue os vídeos:

Botafogo 1 x 3 Cerro Porteño - Lembro de ter assistido essa partida e de ter dado risada com a derrota dos cariocas. Cáceres participou do primeiro e fez um golaço (terceiro).

Belo gol do volante (ou meia?).

Outro belo gol do jogador.

Nem 8 nem 80

Será que Sérgio Soares dura mais
que o Lio Evaristo durou?
Até ontem o time era seleção pra muita gente. Agora não serve pra nada, nem pro Paranaense?

É lógico que o jogo de ontem foi decepcionante, mas quando o Atlético vai bem na estréia? Ir bem ou mal na estréia não significa muita coisa, na minha opinião.

Primeiro porque eu acho que o time titular não devia nem ter entrado em campo. A pré-temporada é curta demais, e um preparação decente, sem jogos "atrapalhando" no meio do caminho, pode fazer a diferença no final do ano. Se o time fosse inteiro novo, não se conhecesse, tudo bem, o entrosamento seria até mais importante do que a parte física. Mas o time se conhece, conhece o técnico, essa é a vantagem de manter praticamente todo o elenco de uma temporada pra outra.

E segundo, não me surpreendi com o futebol apresentado nessa estréia. Afinal o que o torcedor esperava dos 11 titulares que entraram em campo? Uma zaga mais segura sem Rhodolfo salvando as falhas de Manoel? Um ataque matador com o mesmo Nieto que tanto errou no final do ano passado? Ou esperavam Deivid acertando passes, como nunca fez?

Era lógico que o time não produziria como no final da temporada passada. Por N motivos:

- menos motivação;
- menos condicionamento físico;
- goleiro titular vendido;
- melhor defensor "vendido";
- melhor volante vendido (mesmo não sendo tão bom assim);
...

Mas do mesmo jeito que eu esperava um jogo ruim, também acreditava em algumas boas atuações, principalmente de Madson.

E o baixinho não me descepcionou. Achei que o meia foi bem, se movimentou DEMAIS, acertando muitos passes, concluindo a gol, e no segundo tempo fez 3 jogadas muito interessantes, de toques curtos e rápidos, com Branquinho e Ivan González.

No final das contas, essa derrota não diz muita coisa nova sobre o elenco, apenas confirma o que os atleticanos já sabiam:

- Neto vai fazer falta (não confio em João Carlos);
- Manoel está falhando demais (desde o final do ano passado);
- Rhodolfo vai fazer muita falta (não porque Rafael Santos é fraco (ele é bom jogador), mas porque agora quem salvará os erros de Manoel?);
- Paulinho é bom jogador, mas nada excepcional;
- Wágner Diniz corre muito, chega bem à frente, mas erra muito;
- Chico, mesmo limitado, é melhor que Deivid, Vítor ou Alê;
- Baier... é o Baier;
- Branquinho é irregular, e foi bem ontem;
- Madson realmente pode jogar muito por aqui;
- Guerrón corre muito, busca jogo, tem raça, mas erra DEMAIS;
- Nieto pode ser útil, fazendo o pivô por exemplo, mas não é matador (quem sabe Lucas ou Henan mudem essa situação);
- Ivan González é um bom reserva;

Segue os gols da partida:

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Entrando em 2011 com prejuízos

... que não deu certo...

Apesar do sucesso no concurso n.º 171, o Atlético fechou a tem­­porada fora do grupo prin­­ci­­pal da Timemania, com­­posto por 20 clubes, aqueles mais indicados pelos apos­­tadores, que dividem 65% da arrecadação repassada pela Caixa Econômica Federal. O motivo, de acordo com o Ru­­bro-Negro, teria sido a ante­­cipação do concurso 172 para os últimos dias de de­­zem­­bro – o sorteio estava previsto ini­­cialmente para acontecer ape­­nas neste mês. Fora da elite, o Atlético terá de ratear com os outros integrantes da “Segun­­dona” apenas 25% do montante.

... pode parar na Justiça

O Atlético estuda, em virtude da mudança de data, qual a melhor estratégia para cobrar a Caixa. Em nota enca­­mi­­nha­­da à coluna, a assessoria de im­­prensa do clube informou que “o departamento jurídico do CAP está avaliando a situação para apresentar um parecer à diretoria”. Uma possível briga judicial não está descartada.

Menos dinheiro no bolso 1

Mais um indicativo de que o Atlético não entrou 2011 com o pé direito – pelo menos no aspecto financeiro. A segura­­dora HDI, que até o ano pas­­sado estampou sua marca nas mangas do uniforme rubro-negro, anunciou que não irá mais patrocinar o clube. Mu­­dança de estratégia de mar­­ke­­ting foi a alegação usada pela empresa para não renovar o contrato.

Menos dinheiro no bolso 2

Já em relação à Philco, patro­­cinadora master do Atlé­­tico, ainda não há uma definição se o acordo será estendido.

A res­­posta da empresa deve sair nesta semana, segundo informou o departamento de co­­municação do clube. Vale res­­saltar que, de acordo com um estudo da Trevisan Gestão do Esporte, o Furacão foi quem melhor utilizou os recursos de publicidade na disputa do Brasileirão-10. “[O clube] transformou R$ 4 milhões [arrecadados com a Philco e HDI] em uma 5.ª posição no campeonato”, diz o artigo.

Agora vai

De acordo com Enio Fornea, vice-presidente e diretor de obras do Atlético, até o dia 31 deste mês o projeto executivo de adequação da Arena ao pa­­drão Fifa, visando a Copa de 2014, estará pronto. Já na se­­quência, ainda segundo o di­­rigente, o clube dá início ao processo de licitação da obra – o custo estimado gira em torno de R$ 135 milhões.

Fonte: Carlos Eduardo Vicelli / Gazeta do Povo.

---

Assim, o Atlético entra em 2011 perdendo R$4 milhões em patrocínios, além fracasso na Timemania que, pelos menos cálculos, causará um prejuízo de até R$1 milhão.

São R$5 milhões de reais a menos num orçamento previsto de R$60 milhões, quase 10% do total.

Pensando na prática, seria o investimento em dois grandes reforços para a temporada.

E a perspectiva para novos patrocínios, em 2011, não é boa, já que a Arena, que seria a principal fonte de renda de patrocínios para o Furacão nos próximos anos, estará em obras a partir de maio.

Por isso eu acho que a solução é vencer em campo, mas nos campeonatos certos!

Ganhar o Paranaense não serve pra porcaria nenhuma, nem a torcida se engana mais com o título estadual.

Por isso acho importante que a pré-temporada seja completa, e que o foco sejam a Copa do Brasil, Sulamericana e Campeonato Brasileiro.

Fazer um boa Copa do Brasil, por exemplo, pode ser a chave para conseguir um bom patrocínio Master para o restante da temporada.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Neto na Fiorentina! Negociação boa ou ruim?

Do Blog da Baixada:

A Fiorentina quer Neto.

Neto quer sair.

Três milhões e meio de euros por um goleiro é grana pacas. Praticamente o mesmo valor pelo qual o Internacional vendeu o goleiro campeão do mundo, Renan, ao Valencia.

E o CAP, como clube revelador, ainda leva um percentual sobre futuras negociações.

Quem se opõe à venda de Neto?

Eu não.


---

Alguns outros prós e contras:

Concordo que é muita grana pra um goleiro.

Mas pensando que Neto provavelmente irá às Olimpíadas, também é provável que em 2012, após os jogos, passará a valer muito mais.

Por outro lado, é difícil imaginar que o Atlético conseguiria segurá-lo até lá, mesmo porque a proposta salarial atual já ultrapassa o teto salarial do Furacão, imagine nos próximos anos.

Para substituí-lo, temos João Carlos, que pelas referências é bom goleiro.

Mas na minha opinião, pelos jogos em que vi o goleiro atuando em 2010, não tenho muita segurança nele. Espero estar errado.

Sobre a venda em si, achei que foi ótima. O Furacão mantém 25% dos direitos econômicos, além da parcela que recebe sobre as negociações por ser o clube formador.

Então somando os prós e contras, pra mim a venda foi boa.

Mas é IMPORTANTE investir a grana no futebol, em novas contratações para 2011.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Torcida não faz sua parte e Atlético fica fora do G20 da Timemania

Depois de um bom resultado no concurso 171 da Timamania, o Atlético teve apenas 9 mil apostas e termina o ano fora do G20. Veja o resultado do último concurso e do acumulado:

Ranking do concurso nº 172:

1º JUVENTUDE RS 111.502 12,45 % 
2º ABC RN 97.651 10,9 % 
3º CORITIBA PR 64.901 7,25 % 
4º FIGUEIRENSE SC 35.212 3,93 % 
5º FLAMENGO RJ 33.740 3,77 % 
6º CORINTHIANS SP 27.947 3,12 % 
7º CEARA CE 26.337 2,94 % 
8º GREMIO RS 24.152 2,7 % 
9º SANTOS SP 21.308 2,38 % 
10º UBERLANDIA MG 20.552 2,29 % 
11º SAO PAULO SP 20.070 2,24 % 
12º PALMEIRAS SP 19.662 2,2 % 
13º INTERNACIONAL RS 19.008 2,12 % 
14º VASCO DA GAMA RJ 17.883 2 % 
15º FLUMINENSE RJ 16.587 1,85 % 
16º CRUZEIRO MG 16.392 1,83 % 
17º BOTAFOGO RJ 14.950 1,67 % 
18º ATLETICO MG 12.984 1,45 % 
19º BAHIA BA 12.162 1,36 % 
20º FORTALEZA CE 10.143 1,13 % 
21º ATLETICO PR 9.529 1,06 % 
22º GOIAS GO 9.453 1,06 % 
23º VITORIA BA 9.058 1,01 % 
24º SPORT PE 6.607 0,74 % 
25º AVAI SC 6.525 0,73 % 
26º SANTA CRUZ PE 6.229 0,7 % 
27º TREZE PB 6.133 0,68 % 
28º GUARANI SP 5.942 0,66 % 
29º PORT DESPORT SP 5.556 0,62 % 
30º LONDRINA PR 5.485 0,61 % 

Acumulado do ano:

1º FLAMENGO RJ 3.848.273 6,38% 
2º CORINTHIANS SP 3.198.431 5,30% 
3º SANTOS SP 2.316.061 3,84% 
4º SAO PAULO SP 2.259.467 3,75% 
5º GREMIO RS 2.246.505 3,72% 
6º PALMEIRAS SP 2.238.473 3,71% 
7º INTERNACIONAL RS 1.993.735 3,30% 
8º VASCO DA GAMA RJ 1.910.772 3,17% 
9º BOTAFOGO RJ 1.675.546 2,78% 
10º CRUZEIRO MG 1.620.941 2,69% 
11º FLUMINENSE RJ 1.571.862 2,61% 
12º ATLETICO MG 1.376.808 2,28% 
13º BAHIA BA 1.272.383 2,11% 
14º FORTALEZA CE 1.035.416 1,72% 
15º VITORIA BA 932.665 1,55% 
16º GOIAS GO 924.568 1,53% 
17º ABC RN 917.929 1,52% 
18º JUVENTUDE RS 905.678 1,50% 
19º CORITIBA PR 867.515 1,44% 
20º CEARA CE 843.762 1,40% 
21º ATLETICO PR 837.020 1,39% 
22º AVAI SC 726.637 1,20% 
23º SPORT PE 676.703 1,12% 
24º SANTA CRUZ PE 670.718 1,11% 
25º GUARANI SP 624.649 1,04% 
26º TREZE PB 599.178 0,99% 
27º LONDRINA PR 570.462 0,95% 
28º JOINVILLE SC 554.272 0,92% 
29º NAUTICO PE 544.257 0,90% 
30º PORT DESPORT SP 540.708 0,90% 


É muito fácil pensar que a diretoria poderia ter desembolsado 20 mil reais fazendo 10 mil apostas, deixando o Atlético dentro do G20. Mas pra um clube que tem mais de um milhão de torcedores, com 20 mil sócios, fazer apenas 9 mil apostas (e essa tem sido a média do Atlético no ano) é piada!

Podem culpar diretoria, falta de planejamento ou quem quer que seja, mas os verdadeiros culpados somos nós torcedores. Mesmo porque todos sabiam do risco de ficar fora do G20, perdendo muito dinheiro para o próximo ano. Bastava um engajamento pequeno, no ÚLTIMO concurso, e não fomos capazes de manter o Furacão no G20.

Pra mim, quem tem uma torcida como a nossa não pode precisar de diretoria pra colocar o time no G20! Esse é o ponto!

Se em 2010, os jogadores, mesmo com elenco limitado, se superaram e conseguiram um bom quinto lugar no Brasileiro, nós torcedores falhamos no último momento do ano.

A grana que vamos perder com esse fracasso poderia ser o salário de Kléberson, por exemplo. Fica a dica!

Empresário de Manoel começa o joguinho de "atleta insatisfeito"

Com propostas para atuar em outros clubes, o zagueiro Manoel pode não se reapresentar ao Atlético-PR, na próxima quinta-feira, data do retorno das atividades no clube. Em declaração à Rádio CBN, nesta segunda-feira, o empresário do jogador, Neco Cirne, disse que o zagueiro tem ofertas do Corinthians e São Paulo e também do exterior e que não pretende continuar na Arena da Baixada.

Segundo o empresário declarou à rádio, as ofertas salariais feitas aos jogador são cinco vezes maiores que do que ele ganha atualmente no Atlético. O agente declarou que recomendou ao zagueiro que se reapresente, mas ele estaria irredutível e não pretende seguir defendendo o clube em 2011.

Uma reunião foi marcada na próxima quinta-feira para discutir a situação. Manoel tem contrato com o clube paranaense até abril de 2014. A diretoria avisa que não pretende negociá-lo antes do fim do compromisso e ameça puni-lo, caso ele não se reapresente no início dos trabalhos da pré-temporada.

Caso Manoel não permaneça, a defesa rubro-negra pode sofrer um desmanche, perdendo sua dupla de zaga titular. Rhodolfo está em negociação com o Genoa, da Itália, e também não deve se reapresentar na quinta-feira.

Fonte: Uol Esportes.

---

Como foi o empresário que falou pelo jogador, não dá pra ter certeza de nada.

O que ficou claro é que o empresário está fazendo o "joguinho" de "atleta insatisfeito" para tumultuar a relação entre o jogador e o Furacão e assim diminuir o multa da rescisão contratual.

Mas o bizarro é que essa é a pratica mais comum em negociações pelo mundo todo. Dessa mesma forma Assis, empresário e irmão de Ronaldinho Gaúcho, conseguiu 3 vezes renovar o contrato do jogador com o Barcelona, aumentando exponencialmente o salário do jogador, mesmo faltando 4 anos para o fim dos contratos.

Aqui no Brasil, principalmente contra os clubes fora do "eixo", isso é usado basicamente pra desestabilizar a relação dos atletas com os clubes.

No caso de Manoel, a situação é ainda mais revoltante (se for verdadeira). O zagueiro começou MUITO mal na equipe principal. Sempre nervoso e inseguro, parecia um jogador de várzea. Mesmo assim a diretoria e os treinadores (Antonio Lopes foi um deles) acreditaram em seu potencial, e com grandes atuações de Rhodolfo, Manoel foi se destacando também. Teve seu contrato renovado, salário aumentado, e as propostas vão surgindo.

É lógico que o cara quer ganhar mais, ir pra Europa. Mas ele tem 20 anos, e um contrato até 2014, com uma grande multa rescisória. É preciso ter calma, dialogar com o clube. Se ele realmente não se reapresentar, provavelmente vai acabar saindo do clube, mas pelas portas dos fundos, e sem moral, o que atrapalharia uma venda para um clube da Europa com certeza.

De qualquer maneira, sendo a afirmação do empresário verdadeira ou não, ACORDA Manoel, trate de por a cabeça no lugar, ou troque de empresário!

Willian acerta com Corinthians e Atlético segue com 50%

Próximo do acerto com o Corinthians, o atacante Willian já sabe que metade de seus direitos econômicos ainda ficará com o Atlético-PR. Segundo o presidente do Furacão, o clube não irá se desfazer da parte que detém do jogador.

Willian tem seus direitos econômicos repartidos igualmente entre o Atlético-PR e seu empresário, Eduardo Uram. Para chegar ao Corinthians, o grupo de investidores ligados ao BMG negociará apenas a parte que pertence a Uram.

O futuro do jogador já está decidido. Apesar de não anunciado como reforço oficial do Corinthians, este deve ser o destino do atacante.

Nos últimos dias, Raimundo, pai do atleta, confirmou à reportagem do LANCENE! que Uram já avisou que tudo está acertado. Apesar de o pai do atleta não revelar onde o filho jogará em 2011, o presidente Andrés Sanchez deixou toda a negociação acordada antes da virada de ano.

Ao que tudo indica, Willian deve ser o segundo reforço anunciado para 2011, após o zagueiro Wallace.

Fonte: LanceNet!

---

Excelente notícia, na minha opinião. Willian já teve várias chances no Furacão e não conseguiu demonstrar regularidade. No Atlético, foi jogador de jogadas muito bonitas, mas também muito raras. Dentro de uma mesma partida, alternada ótimos e péssimos momentos, fazendo com que o torcida pegasse no pé do atacante constantemente.

Por isso tudo acho que a melhor opção é mesmo deixá-lo "explodir" em outro clube, mas com participação nos direitos econômicos do jogador.

domingo, 2 de janeiro de 2011

Furacão versão 2011, por Furacao.com

Provável formação para o início de 2011. (furacao.com
Seguindo a linha das alterações promovidas por Sérgio Soares no final de 2010, também poderíamos ter um time mais ofensivo, recuando Paulo Baier para segundo volante e promovendo a entrada de Branquinho como meia. Assim teríamos Baier, Branquinho, Madson, Guerrón e Lucar jogando juntos. Baita quinteto não acham?

Segue o link para a matéria/análise completa da Furacao.com: Furacão versão 2011.