segunda-feira, 15 de novembro de 2010

E o maestro decidiu novamente


Foi na base da raça e da vontade!

Na defesa, ontem, o Furacão não foi seguro como costumou ser durante 2010. O gol do Prudente aconteceu numa falha feia de posicionamento de Rhodolfo e Manoel. E neste ano, como não temos um ataque dos sonhos, quando a defesa falha, fica complicado vencer. Basta lembrar que ganhamos apenas duas partidas por mais de 1 gol de diferença, contra Santos e Goiás.

Mas logo depois de tomar o gol, Sérgio Soares resolveu jogar o time pra cima, deixando Rhodolfo e Manoel sempre de mano. Tenho certeza que fez isso porque confia na melhor dupla de zaga do campeonato, e eles não decepcionaram. Principalmente Rhodolfo, que deu um show de antecipação nos atacantes do Grêmio "Itinerante". E como toda boa defesa, também levaram sorte, num canhão na trave do goleiro João Carlos.

E assim o Atlético foi pra cima, sem muito técnica, na vontade e velocidade de Guerrón e Ivan González, e na qualidade técnica de Paulo Baier e Branquinho. Mas faltaram chutes a gol, principalmente por parte de Branquinho, que insistiu em entrar tabelando pelo centro enquanto a área deles estava congestionada.

Já Guerrón, que foi um dos melhores em campo, cansou de fazer sua jogada clássica, na direita entrando na diagonal, sempre levando perigo. Ivan González lutou muito, correu muito, e foi recompensado no final, dando o passe pro gol do maestro.

E o maestro, que partida fez! Além de distribuir o jogo como sempre, Paulo Baier marcou o primeiro de pênalti (aliás, pênalti claro em Branquinho, num passe excepcional de Bruno Mineiro); deu um passe sensacional para Guerrón, que perdeu na cara do gol; apareceu na área aos 44 minutos para perder um gol incrível; e 3 minutos depois fez o gol da vitória rubro-negra. Tá bom ou quer mais?

Veja você mesmo nos melhores momentos da partida


Melhores do CAP
Paulo Baier, nem precisa explicar o porque;
Guerrón, que fez excelentes jogadas pela direita, sempre levando perigo;

Piores do CAP
Marcio Azevedo, errou simplesmente tudo, sendo substituído por Heracles no segundo tempo;
Heracles, que entrou pra arrumar o lado esquerdo e errou muitos passes;
João Carlos, que numa falha ridícula permitiu um chute na trave do atacante do Prudente;

E ainda teve o "Sarrafo da Rodada":


Errou o árbitro, que deveria ter expulsado, deixando eles com 2 a menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário