terça-feira, 30 de novembro de 2010

Bola de Prata e suas incríveis "bizarrices"!

O Bola de Prata tem um proposta interessante, que elege os melhores do campeonato pela média das notas de todas as partidas. Isso elimina aqueles "craques" do campeonato que vão bem apenas no final, mas pelo "calor" do momento são eleitos os melhores.

Enfim, a idéia é boa, e o prêmio já é tradicional, o problema é que na prática vemos um resultado bizarro, em praticamente todas as posições. Vamos a eles:


Fábio, Victor Jefferson e Júlio César fazem um excelente campeonato, e podem realmente aparecer na frente de Neto. Agora, Fernando Prass e Rogério Ceni, que são dois bons goleiros, estão fazendo um campeonato irregular, com várias falhas, e mesmo assim Rogério está em 2° lugar. Rafael, do Santos, também é muito irregular, e Deola, azarado, tem a pior defesa do campeonato a sua frente. Não acho que Neto seja o MELHOR, mas no mínimo em 5° deveria estar.


A zaga do Bola de Prata merece uma atenção especial.

Chicão faz ótimo campeonato mesmo, tudo certo; Bolívar fez boa Libertadores, mas no Brasileiro não chega a ser nem um "top 10"; Antônio Carlos é fraco, todos sabemos, faz um bom campeonato, mas a 3° posição é exagero dos grandes; Alex Silva está no lugar certo; Edu Dracena acho exagero estar em 5°;

Mas o 6° lugar merece um parágrafo dedicado a ele, guardando a maior das bizarrices. É ele mesmo (tã-tã-tã-tãããããã), Danilo, isso mesmo, o zagueiro racista, ruim de bola, que falha em praticamente todos os jogos e faz parte da pior defesa do campeonato, INACREDITÁVEL;

Eu poderia parar por aqui, pois as bizarrices já são muitas, mas em 10° lugar aparece o fraquíssimo companheiro de Danilo, Maurício Ramos, POR FAVOR NÉ PLACAR, até o Bruno Costa é melhor que os dois!

E quando entramos na lista completa, mais uma surpresa: Rhodolfo só aparece em 13° lugar, atrás ainda de Dedé, do Vasco, e do bom zagueiro Gum, do Fluminense.


Parece estar tudo certo, sem grandes surpresas.


Léo, do Santos, e Juan, do Flamengo, não deveriam estar nem no "Top 50"; Paulinho fez campeonato melhor que Léo, Juan e Júlio César, no mínimo.


Fabrício e Henrique, do Cruzeiro, atrás de Arouca e Leandro Guerreiro, muito estranho; Chico só aparece em 31°.


Conca, Montillo e Bruno César são indiscutivelmente os melhores meias do campeonato, mas Zé Eduardo, Wesley e Edno entre os "Top 10" é piada;

Mas sem cansar das bizarrices, a Placar lista Paulo Baier apenas em 15° lugar, atrás de Zé Roberto "Cachaça", Ricardinho "Soninho", Lincoln (quem é esse?), e Felipe "só tenho um drible", curiosamente, 3 do Eixo RJ-SP.


Neymar, em 1°, é craque, mas Jonas fez melhor campeonato que ele; Jóbson, Kléber e Magno Alves na frente de Thaigo Ribeiro, vai entender;

Mas hein Placar, e cadê o Bruno Mineiro? ... tá bom, agora eu que estou de brincadeira!

---

Resumindo, se existe dúvida entre um jogador do Eixo RJ-SP e outro qualquer, o do Eixo ganha, sem constrangimentos, mesmo as notas sendo dadas "imparcialmente" jogo a jogo.

* Dica de post e análise conjunta com @lucaskalache.

Fonte das imagens: Bola de Prata / Placar (listas completas clique aqui)

2 comentários:

  1. É muita palhaçada essa premiação. Eles colocaram o Neto entre os 10 só pra não ficar tão feio assim.

    Já falei em especial sobre o ranking dos goleiros no Blog do Trétis. É uma vergonha.

    Agora confesso que fiquei mais revoltado ainda com a bola de prata de zagueiros.. hahaha Nem a torcida do Palmeiras colocaria esses 2 entre os 10, já que esses dias estava pedindo a saída dos 2 horrorosos jogadores.

    Já disse e repito. Essa imparcialidade está deixando o futebol muito nojento!

    Abraço cara.

    ResponderExcluir
  2. CADE O MIRANDA NESSE TOP 10

    ResponderExcluir