segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"Perdemos dois pontos"


Jogo

A frase o técnico Carpegiani explica tudo: "Perdemos dois pontos". O Atlético foi melhor durante a maior parte da partida, dominou o meio campo, e teve várias chances perdidas. O Botafogo jogou com o que tinha, o contra-ataque, e deu certo. Se não fosse o passe errado de Lúcio Flávio depois de jogada criada por ele mesmo, o Atlético sairia do primeiro tempo tomando 2 a 0.

Já o Atlético, principalmente no segundo tempo, ditou o ritmo da partida, com Branquinho e Baier finalmente fazendo boas jogadas juntos, o Atlético criou pelo menos 3 chances claras de gol, mas perdeu as 3. Além disso teve outras boas chances em jogadas de Élder Granja, que entrou muito bem.

Por fim, uma jogada individual de Guerrón (e é nisso que ele é bom) deu um mínimo de justiça (coisa que o futebol não costuma ter) a partida. 

Empate nem ruim nem bom para o Furacão, que agora tem que vencer o Vitória, na Arena, e o Cruzeiro, em Minas Gerais, pra continuar sonhando com a Libertadores.

Melhores do CAP

Branquinho, garçom da partida, jogou muita bola.
Élder Granja, entrou muito bem, dando duas assistência que poderiam ter gerado gol.
Paulo Baier, entrou muito bem na partida, finalmente fazendo boa dupla nas jogadas com Branquinho.

Piores do CAP

Bruno Mineiro, não ganhou nenhuma jogada como pivô, e perdeu um gol incrível.
Maikon Leite, fez sua pior partida pelo Furacão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário