quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Diretoria do CAP pede união das torcidas. Adianta?


Embora eu ache que não é papel da diretoria ficar de conversa com torcidas "organizadas", este caso me pareceu diferente. Gostei da atitude, muito sensata e coerente.

Geara, falando sobre as brigas entre as duas torcidas, foi firme  ao dizer que, ao Atlético, não interessa quem iniciou ou que provocou. Interessa que a torcida apoie O TIME dentro do estádio, sem quebradeira e sem vandalismo. 

Segundo Geara, dentro da Arena, se houver vandalismo e brigas, as câmeras vão filmar e o Atlético vai tomar as medidas necessárias e passar as imagens para a polícia. Se as brigas acontecerem fora dele, fica a cargo da polícia cuidar dos vândalos.

O problema é que, no próprio vídeo acima, divulgado pelo site oficial do CAP, percebe-se qual é a postura das organizadas. Uma jogou a responsabilidade pra outra, em todas as afirmações. Os dois representantes disseram: "a NOSSA torcida vai fazer a nossa parte, agora, espero que a torcida DELES colabore também", como quem diz "se eles provocarem já era, vamos pra porrada!".

Eles tem postura de quem acha que as torcidas estão acima do Clube, mesmo afirmando exatamente o contrário nas entrevistas. Tratam os outros torcedores como "a torcida DELES", mas esquecem que todos torcemos pelo mesmo time, o Furacão.

Mas teve uma afirmação que me chamou mais atenção negativamente. O representante da Ultras disse em alto e bom som: "as torcidas não vão ter problemas, PELO MENOS ATÉ O FINAL DO CAMPEONATO BRASILEIRO...".

Como assim "pelo menos até o final do Brasileiro", então depois ninguém garante nada? É como uma guerra? Firmamos um acordo de paz de alguns dias, mas depois ninguém mais sabe o que pode acontecer. ABSURDO!

Resumindo, achei a atitude da diretoria interessante, pois visa apoiar o time num momento bom, onde temos chance de Libertadores. Mas para o futuro, medidas mais enérgicas terão que ser tomadas, pois a Baixada não pode virar um campo de guerra.

PS.: outro problema que tem que ser resolvido logo foi apontado pelo Guerrilheiro do Blog da Baixada. É a diferença de tratamento aos sócios. Porque as torcidas organizadas podem levar faixas e bandeiras, e o torcedor comum não pode nem entrar com um guarda-chuva na Arena? Fica a dica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário