quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Coluna de Silvio Toaldo Júnior, da Furacao.com, sobre o jogo de ontem

Coluna de Silvio Toaldo Júnior, da Furacao.com:


...Completamente perdido e indeciso o trio de arbitragem foi o ponto negativo da partida. O pênalti marcado a favor do Corinthians nem em pelada de final de semana é assinalado e o pênalti marcado a favor do Atlético foi claramente para compensar o primeiro pênalti marcado a favor dos paulistas.


Antes mesmo de colocar a bola na marca da cal em favor do Corinthians o árbitro Jaílson Macedo Freitas muito mal auxiliado pelos seus assistentes já tinha marcado três impedimentos do Furacão e invertido algumas faltas que normalmente um juiz menos ruim ou menos mal intencionado não teria marcado. Resumindo a palhaçada: o critério usado a favor do Corinthians era um e o critério usado a favor do Atlético era claramente outro totalmente diferente.


No último dia 12 de Agosto eu escrevi sobre a arbitragem e falei que falta representatividade ao Rubro-Negro dentro e fora de campo, ou seja, no final do primeiro tempo o capitão Paulo Baier dirigiu-se ao árbitro baiano e acabou desistindo de falar com ele. Na segunda etapa o juiz marcou uma falta para o Atlético no meio de campo e o time inteiro do Corinthians o cercou e reclamou. Como eles (jogadores corintianos) viram que o árbitro não era de nada, foram com a clara intenção de pressioná-lo ainda mais. Acho indignante uma cena como essas dentro da Arena da Baixada, nossos jogadores cabisbaixos diante de um árbitro sem vergonha e os jogadores adversários tentando apitar o jogo como se estivessem jogando dentro de casa. Precisamos acordar urgentemente neste aspecto...


Leia a coluna completa clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário