segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Chico recusou proposta do Real Betis

Do site oficial do CAP:

O Clube Atlético Paranaense comunica que o volante Chico recusou a proposta do Real Betis para atuar no futebol espanhol. Entre Atlético e Real Betis o acordo estava selado, conforme nota divulgada no site oficial no último dia 28. Porém, diante da negativa do atleta, a operação de transferência não se concretizou.


“Financeiramente pra mim não era bom. Eu pesei, coloquei na balança e não era bom pra mim. Além disso teve um problema no passaporte, pensei melhor e resolvi não ir por questões financeiras mesmo”, disse o jogador.

“Estou chegando no CT agora e fico a disposição do Carpegiani. Agora tem que continuar pensando no Brasileiro, a equipe está subindo de produção. Eu penso em ajudar o Atlético sempre, cresci aqui, comecei na base, estou para completar 150 jogos no profissional, e isso é muito gratificante em um grande time como é o Atlético. Sonho em ir para a Europa mais para frente, mas estou feliz em ter ficado. E a torcida pode esperar a mesma dedicação porque sempre vesti essa camisa com muita raça e muito orgulho”, revelou.

---

Vai entender... Ainda acho que Vitor e Olberdam devem ser os titulares, com Chico sendo o primeiro reserva ou, quem sabe, um terceiro zagueiro quando precisar.

Oportunidade desperdiçada

Maikon Leite vem evoluindo a cada
partida
Uma vitória no jogo de ontem, entre Atlético e Grêmio, tinha tudo para ser um "divisor de águas" para o Furacão nessa temporada. Poderíamos, pela primeira vez, em 5 anos, poderíamos voltar a sonhar com algo maior no Campeonato Brasileiro. Mas, da mesma forma que vem acontecendo desde 2006, o Furacão decepcionou.

Eu disse, alguns dias atrás, que a tabela mostrava uma chance de ouro pro Furacão voltar a disputar as primeiras posições na competição. Mas pra isso, o time precisava mostrar o futebol que jogou contra o Santos, por exemplo, e isso não aconteceu.

Contra o Grêmio, e também contra o Prudente e Flamengo, o time que, segundo Carpegiani, é ofensivo, mostrou uma fragilidade enorme no setor de ataque. Mostrou também, que quando a defesa não está inspirada, como aconteceu ontem, a derrota é praticamente certa. E ontem, ela só não veio por detalhe, já que o Grêmio dominou praticamente a partida toda, colocando bola na trave e forçando Neto a se destacar nos chutes de fora da área.

E na minha opinião, essa fragilidade tem nome: Bruno Mineiro. O atacante que iniciou o ano com pinta de artilheiro, depois da Copa mostrou ser muito fraco tecnicamente. Bruno é o tipo de atacante que não joga bem ou mal, ele faz gol ou não faz gol, e pronto. E o fato é que a fase do jogador é horrível.

E o que está contribuindo pra titularidade de Bruno Mineiro é o afastamento repentino do ídolo Alex Mineiro. E pior, justamente no melhor momento do atleta desde sua volta, ano passado. Alex vinha jogando bem, marcando gols, e poderia estar ajudando o Furacão nesses últimos jogos. O que me intriga a saber se a tal "indisciplina" que o afastou é realmente grave, a ponto de tirá-lo de um elenco que precisava dele. Fica a dúvida.

Atlético 1 x 1 Grêmio

Melhor do CAP:
Maikon Leite, que infernizou a defesa do Grêmio e ficou ligado o jogo todo, marcando o gol do Furacão exatamente por estar atento.

Pior do CAP:
Carpegiani, que não consegue fazer um ataque com Baier, Branquinho, Guerrón, Maikon Leite e Bruno Mineiro funcionar; que insiste em manter Bruno Mineiro até os 46min do segundo tempo; que abre todos os atacantes para as pontas e não deixa ninguém na referência; que tira um volante aos 20min pra colocar outro aos 23min

Melhores momentos da partida

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Chico pode estar indo para o Betis, da Espanha. Boa venda!

O volante Chico pode deixar nos próximos dias o Atlético. O Real Betis, da Espanha, fez uma proposta de 1 milhão e 100 mil euros por 50% do jogador. A diretoria não confirma, mas entre o Atlético e o time espanhol já estaria tudo certo, faltando apenas o volante acertar os detalhes da negociação.

Como a janela de transferência fecha na próxima terça-feira, o volante deve dar uma resposta hoje ao time espanhol. Se a transferência for concretizada, Chico pode viajar já neste final de semana. Já se o jogador não aceitar a negociação, estará a disposição de Carpegiani para o jogo de domingo.

Essa não é a primeira vez que um clube espanhol procura o atleta. No começo do ano, o La Coruña chegou a fazer uma proposta de empréstimo pelo jogador.

As informações são do blog da jornalista Nadja Mauad.

--- 

Se a informação for verdadeira, será uma baita venda do Furacão. Chico é bom jogador, joga em várias posições, mas é muito irregular, alternando atuações excelentes e horríveis. Além disso, pra posição dele temos possíveis substitutos de nível semelhante, como Deivid e Vitor.

E pensando como investimento, manter 50% dos direitos econômicos é uma boa também.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Com os melhores em campo, Atlético vence fora

Parece que Carpegiani entendeu que o time do Atlético é limitado, e aproveitar o que de melhor temos é a única chance de fazermos um campeonato mais tranquilo do que os anteriores.

Ontem, podemos dizer que o Furacão entrou em campo com o que tinha de melhor a disposição. Branquinho no meio, Maikon Leite, Guerrón e Bruno Mineiro no ataque, Chico e Olberdam como volantes, e laterais de ofício nas laterais.

Não tem muito o que inventar com esse elenco rubro-negro, que é melhor que o do ano passado, mas ainda assim é fraco.

O jogo

O time jogou bem, contra o fraquíssimo Grêmio Prudente, durante toda a partida. Dominou o adversário e ganhou "ao natural". Carpa escalou o time num 4-3-3, com os laterais saindo pouco, com Chico e Olberdam ajudando na armação, e Branquinho armando jogo, principalmente pela esquerda, acionando muito Maikon Leite.

No segundo tempo, depois do gol, Carpa colocou Bruno Costa no lugar de Guerrón como terceiro zagueiro. O time já tinha recuado sem a alteração, com ela ficou pior ainda. Bruno entrou já errando, perdendo duas bolas de cabeça contra o ataque do Prudente dentro da área. E no contra-ataque, Branquinho, Bruno Mineiro e Maikon Leite já não tinham a mesma velocidade do início da partida. Mas o Furacão conseguiu segurar.

Melhores momentos da partida

Próximas rodadas, chance de ouro

Como já disse num post de ontem, as próximas rodadas oferecem ao Furacão uma ótima chance de subirmos na tabela. Domingo pegamos o Grêmio, em casa, e depois o Ceará, também da Arena. Duas vitórias levam o CAP para 26 pontos, provavelmente próximo a zona da Libertadores.

Torcida

Os jogadores tem que perceber que, para empolgar a torcida do Atlético, não precisa muito. Basta uma jogada de raça, um chute bem dado, que a torcida explode. E agora, com duas vitórias seguidas, a esperança voltou aos atleticanos, inclusive a esse que vos fala!

Então vamos lotar o Caldeirão e empurrar o time para as vitórias. Força Furacão!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Assistia o vídeo Brasileirão Petrobras | Furacão da Baixada


Os documentários de outras quatro equipes - Corinthians, Cruzeiro, Fluminense e Vitória - já podem ser vistos no site e no canal exclusivo no Youtube da campanha. A cada semana, um vídeo de uma nova equipe será publicado. Os próximos serão Atlético-MG, Palmeiras e Botafogo.

Além dos documentários, a Petrobras também realiza promoções pelo twitter. Para concorrer à camisas do Furacão, os torcedores devem seguir o perfil no Twitter e responder ao desafio que será proposto.

Fonte: Assessoria de Imprensa Petrobras - Paraná / Texto da Furacao.com

Fernandinho é seleção! ... Dagoberto é ... ???

Trecho da coluna de Juarez Villela Filho, da Furacao.com:

...Fernandinho já fez gol que deu título a Seleção Brasileira de base. O negro sorridente do interior paranaense já jogou Liga dos Campeões e Copa da UEFA. O versátil ex-atleticano é sempre lembrado com carinho por aqui e nunca escondeu sua admiração pelo clube que o formou, o forjou, lhe deu teto, comida e lapidou o grande jogador que é.

Fernandinho vai ter a chance de mostrar ao treinador Mano Menezes que pode jogar uma Copa do Mundo pela Seleção penta campeã.

Dagoberto e seus empresários estão no São Paulo com o mesmo papinho dos tempos de Atlético. Dizendo perseguido, vítima de uma demonização à sua pessoa , execrado pela torcida e pela direção, fora da panela do capitão Rogério Ceni treina em separado e é o símbolo de um ano de fracassos de um dos mais poderosos clubes do país.

Atualmente ele e seus “parceiros” como gostava de chamar negam interesse de um clube ucraniano em seu futebol, um clube secundário e que mal faz sombra ao time de Jadson e Fernandinho.

O polaco de Dois Vizinhos vai chegando perto dos 30 anos sem ter construído nada de decente na vida com um histórico de briguinhas, expulsões tolas e rachas dentro dos elencos do qual participou. E nunca vai jogar no esperado Real Madrid, Milan ou Manchester como imaginava. E pensar que recusaram Monaco da França e Colonia da Alemanha por acharem que eram pequenos demais para o seu futebol....

Fernandinho e Dagoberto, contemporâneos de Atlético. Cada um está tendo o que merece, colhendo exatamente o que plantou...

Leia a íntegra clicando aqui.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

O Atlético tem uma chance de ouro nas próximas rodadas


Analisando a tabela do Campeoanto Brasileiros, nota-se que o Furacão tem boa chance de subir bem na classificação.

A partir dessa semana, voltamos a ter dois jogos por semana. E é nessa época que o campeonato passa a ser decisivo. Por isso temos que aproveitar o momento.

Ficou óbvio que o time não jogou bem contra o Flamengo, mas a empolgação que a torcida teve nessa partida há muito não se via.

Somando esse astral ao fato dos próximos adversários serem fracos, a chance é boa.

Vamos aos confrontos:

Grêmio Prudente (fora) - time fraco, que tem como destaques "refugos" como Rodrigo Mancha, Deyvid Sacconi e Henrique Dias, além do goleiro Giovanni que vem se destacando. A vitória é muito possível.

Grêmio (casa) - na zona de rebaixamento, em crise, tem alguns bons jogadores, mas na Arena, não tem pra eles. O único resultado é a vitória.

Ceará (casa) - mesmo ganhando a última partida, vem num momento ruim (pós-Copa), e tem como craque o veterano Geraldo, vitória obrigatória.

Seriam três vitórias seguidas, que levariam o Atlético a 26 pontos, provavelmente próximo ao G4 do bem. É sonhar alto? É, mas é possível.

Acredito que, se o Carpegiani escalar um time sem grandes e mirabolantes invenções, com o que temos de melhor, as vitórias virão.

E o que temos de melhor não são zagueiros nas laterais e Marcelo no ataque.

Palpite

O meu time, contra o Prudente, seria:

Neto; Wagner Diniz, Rhodolfo, Elí Sabiá, Paulinho; Chico, Olberdam e Branquinho; Guerrón, Maikon Leite e Bruno Mineiro.

domingo, 22 de agosto de 2010

VItória importante com show da torcida

A vitória foi importante, mas o show foi da torcida!

Mosaico cobriu toda a Arena


O jogo


Melhores do CAP
- Maikon Leite, infernizou a defesa do Flamengo e meteu bola na trave.
- Manoel, defendeu bem e fez o gol.
- Neto, foi buscar uma bola rápida no chão, numa cabeçada contra o gol atleticano, quando ainda estava 0 a 0.

Piores do CAP
- Marcelo, sem ritmo, sem moral, errando tudo.
- Paulinho, apareceu bastante, tentou, tentou, tentou, mas só errou.

sábado, 21 de agosto de 2010

Orlando Silva defende Copa na Arena da Baixada

Oficialmente, apenas daqui a dez dias deverá ser assinado o termo de ajuste de conduta entre prefeitura, governo e Atlético. Nos bastidores, as forças políticas da capital paranaense aproveitaram que o ministro do esporte, Orlando Silva, estava em Curitiba para mostrar que estão fazendo o dever de casa pela Copa do Mundo 2014.

Apesar da agenda na capital paranaense ter sido por compromissos relacionados à campanha política, Orlando Silva se encontrou com o governador do Paraná, Orlando Pessuti.

“Ele apresentou o modelo que está estruturando com o prefeito Luciano Ducci e com o Atlético Paranaense. A lógica é ter a utilização de potencial construtivo. Eventualmente, se preciso, bancos públicos irão financiar a operação”, disse o ministro do Esporte.

Questionado sobre a possibilidade de corte de Curitiba, devido ao impasse na apresentação da viabilidade econômica da Arena, Orlando Silva respondeu: “Acho pouco provável”.

Em seguida, o ministro ressaltou a possibilidade da capital paranaense ser inclusa no calendário da Copa das Confederações 2013. “Isso pela importância econômica, social, política e futebolística da cidade”, disse. A entrevista completa com Orlando Silva sobre a Copa 2014 em Curitiba será publicada na Tribuna de segunda-feira.

Fonte: Paraná-Online / Felipe Lessa

É amanhã! Vamos lotar a Arena da Baixada

Capa da Furacao.com
Mais sobre o Mosaico de amanhã nos links:

Siga os caras também no Twitter:

Paulo Baier recebeu homenagem da diretoria do Furacão

O meia Paulo Baier foi homenageado nesta sexta-feira pelo Atlético Paranaense devido à expressiva marca que ostenta no Campeonato Brasileiro. Afinal, ele é o artilheiro da competição na era dos pontos corridos (desde 2003), com 80 gols assinalados, e concorrendo com especialistas na arte de fazer gols, os centroavantes.

Ressalta-se que Baier não é sequer atacante. Iniciou sua carreira como lateral-direito e depois passou para o meio-campo. Por isso o número de gols anotados por ele impressiona.

Paulo Baier recebeu das mãos do garotinho Felipe, de apenas 4 anos e fã do jogador, uma placa comemorativa. E do Departamento de Marketing do Atlético Paranaense, o capitão rubro-negro ganhou a camisa de jogo com o número 80 gravado nas costas. "Gostaria de agradecer a todos do Atlético pela homenagem e fico muito feliz por isso. Essa homenagem realmente é muito importante para mim", destacou o atleta. Acompanhe a solenidade na TV Furacão:

Imagens & Edição: Vinicius Montenegro

Fonte: Site Oficial do CAP

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Petrobras gravará imagens do mosaico de domingo

A vibração da nação rubro-negra será palco do documentário da Petrobras, patrocinadora do Campeonato Brasileiro de Futebol, neste domingo, quando o Atlético enfrenta o Flamengo, na Arena da Baixada. Cada uma das 20 torcidas dos clubes que participam do torneio nacional está sendo registrada por Fabiano Tatu, torcedor símbolo do Brasileirão Petrobras 2010, que está percorrendo todo o Brasil.

Os mini-documentários da aventura estão sendo exibidos semanalmente no site e no canal exclusivo no Youtube. Os registros da torcida atleticana estarão disponíveis a partir de 25 de agosto.

"A cada semana estaremos junto de uma torcida e agora chegou a vez do Atlético Paranaense. Dentro e fora do estádio vamos mostrar como a torcida do Furacão manifesta a sua paixão e move o time durante os jogos", conta Walter Romano, do núcleo de Comunicação Digital da Petrobras.

Fonte: Furacao.com (notícia completa aqui)


Participe!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Carpegiani deve mudar muito o time, novamente

Branquinho treinou entre os titulares

O técnico Paulo César Carpegiani utilizou um esquema bastante ofensivo no treinamento desta terça-feira, no CT do Caju. A equipe foi escalada no esquema 4-3-3 com Guerrón, Maikon Leite e Bruno Mineiro na frente. As informações são do site da Rádio Banda B.

O zagueiro Manoel, que cumpriu suspensão diante do Palmeiras, volta ao time. Além dele, o volante Vitor está recuperado e fica à disposição do treinador. Já Leandro recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Flamengo no domingo. 

Ainda segundo o site da Rádio Banda B, o Furacão treinou com esta escalação: Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Olberdam, Paulo Baier e Branquinho; Guerrón, Maikon Leite e Bruno Mineiro. É provável que esse time tenha uma mudança para fortalecer a marcação: a troca do meia Branquinho pelo volante Chico.

O jogo entre o Furacão e o Flamengo, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, está marcado para 16h de domingo, na Arena da Baixada. "Para conseguirmos os resultados, temos que ter mais atitude dentro de campo. E contra o Flamengo é um ótimo momento para executarmos isso e provarmos o nosso valor diante da nossa torcida", falou o técnico ao site oficial do Atlético.

Fonte: Furacao.com
---

O negócio é ir pra cima do Flamengo mesmo.

O difícil é entender porque jogar uma partida no 4-4-2 (meio 4-3-3), com zagueiros nas laterais e 2 volantes, e na seguinte já mudar para um 4-3-3, com laterais ofensivos e apenas um volante.

Independente de qual seja o esquema ideal, e seja a partida em casa ou fora, "Carpa" precisa manter um padrão mínimo, caso contrário esse time (que eu não acho tão ruim quanto alguns vem falando) não vai engrenar.

Ps.: Faltam 4 dias pro maior Mosaico da Arena. Vamos comparecer e apoiar!

domingo, 15 de agosto de 2010

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Alex Mineiro merece oportunidades

O Blog da Baixada fez comentários interessantes sobre os boatos envolvendo Alex Mineiro:


A quinta-feira foi marcada por um turbilhão, daqueles que quando em vez acontecem no Atlético. Um turbilhão de informações e contra-informações. A primeira diz respeito a Alex Mineiro. A diretoria apressou-se em desmentir, mas o blog da jornalista Nadja Mauad e a Furacao.com asseguram: o eterno camisa 9 do Melhor Atlético de Todos os Tempos não joga mais neste Brasileirão. Não entendi direito. Uns dizem que a medida foi tomada por insuficiência técnica. Outros, que foi motivada por indisciplina. Oficialmente, porém, o atacante está em tratamento médico devido a uma lesão na coxa.

Por seu passado, Alex merece tratamento de rei; pelo presente, merece oportunidades. É claro que não se trata do mesmo jogador de 2001. Mas é melhor que muitos avantes que aparecem por aqui aos borbotões. Mesmo agora, ainda o acho melhor do que o gringo Federico - embora este tenha tido poucas oportunidades de mostrar seu futebol; uma apenas, na verdade.

Participou, e bem, embora não tenha marcado gol, das últimas duas vitórias do Furacão, contra Santos e Goiás.

E acho que poderia ter sido útil no último jogo, contra o São Paulo.

Clique aqui e leia o post completo.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Perigo à vista

Wilton Pereira Sampaio
Wilton Pereira Sampaio apita o jogo entre Atlético e Palmeiras, às 18h30 de sábado, no estádio do Pacaembu. Hoje aspirante ao quadro da Fifa, o árbitro do Distrito Federal prejudicou o Rubro-Negro na última partida que apitou, no empate com o São Paulo por 2 a 2 no Morumbi, em maio de 2009.



Fonte: Furacao.com (matéria completa e notícias relacionadas ao jogo do ano passado, clique aqui)

Construtoras já mostram interesse no projeto da Arena da Baixada

Arena poderá ficar menos tempo sem
jogos.
Em entrevista à Rádio Transa mérica, o presidente do Atlético, Marcos Malucelli, voltou a confirmar que há candidatos pela obra na Baixada. “Eu mesmo recebi duas construtoras interessadas no potencial construtivo. Agora, oficializando o processo, outras devem se candidatar”, afirmou...

...Uma das que devem participar deste processo é a J. Malucelli, uma das maiores do ramo no estado. O seu presidente, Joel Malucelli, confirmou que, diante do acordo entre governo e Atlético, a empreitada pode ser viável financeiramente.

“Ainda não existe um projeto quantitativo e um estrutural. Desde que os recursos sejam claros e confiáveis, devemos participar da licitação”, garantiu.

O dono do Corinthians Paranaense já havia dito à Gazeta do Povo há uma semana que não tinha interesse caso a forma de pagamento fosse o potencial construtivo. O discurso mudou.

“Depende das condições do potencial construtivo. A quantidade de papéis, o tipo, o preço por metro quadrado”, ponderou. “Por enquanto não tem nada oficializado, no papel. São só discursos. A hora que virar uma formalização de proposta, nós vamos estudar, ver se vale a pena ou não. Mas que temos interesse, isso nós temos”, reiterou o dirigente.

Outra empresa que também tem a intenção de participar do processo é a C.R.Almeida. Segundo Sandro Vicentini, diretor jurídico da empresa, uma obra como um estádio para a Copa do Mundo realmente chama a atenção. “Assim que as regras estejam determinadas, vamos analisar o projeto para ver se vale a pena”, confirmou.

Uma das novidades anunciadas pelo clube é a possibilidade de ficar pouco tempo longe da Baixada para a realização da reforma. Inicialmente, previa-se que o Furacão teria de mandar seus jogos em outro local assim que as obras começassem.

Faz parte da exigência para a construtora ficarmos fora da Arena o menor tempo possível. Poderão começar a fazer obras pela parte externa, não prejudicando o gramado”, avaliou Marcos Malucelli, referindo-se ao terreno do antigo Colégio Expoente, sem prever data para o início dos trabalhos.

Fonte: Robson de Lazzari e Robson Martin / Gazeta do Povo (reportagem completa aqui)

"Naming Rights" ainda pode acontecer
Copel

Os cinco clubes paranaenses que estão participando de competições nacionais de futebol receberão R$ 300 mil cada até o fim do ano. O dinheiro virá do projeto “Esporte com mais Energia”, da Copel, que também atingirá atletas de esportes olímpicos do estado.

Para as equipes de futebol, a distribuição será isonômica entre Atlético, Coritiba, Paraná, Iraty e Operário. “Para um clube que tem R$ 60 milhões anuais de orçamento esse valor é absolutamente irrisório”, avaliou o presidente atleticano Marcos Malucelli.

Mas o Atlético pode lucrar ainda mais com a Copel, pois a Assembleia Legislativa considerou irregular a votação que derrubou o projeto do deputado Stephanes Júnior (PMDB) para ceder direitos sobre o nome da empresa aos clubes. Nova votação ocorrerá na semana que vem. (RL e RM)

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Novo capítulo da novela Copa 2014 (re)aproxima Arena da Baixada do Mundial


Depois de duas horas de reunião, o Governo, a Prefeitura e o Atlético parecem ter chegado a um acordo em relação a Copa do Mundo de 2014. Escrevo parecem porque tratando deste assunto, cada dia tem surgido um fato novo. 

O gestor municipal para assuntos da Copa 2014, Luiz de Carvalho, participou da reunião desta segunda-feira e contou como Curitiba irá garantir a Copa de 2014 na capital paranaense.

“Foi constituída uma comissão. Eu, a Procuradora Geral do Município, o Secretário Algaci Túlio, o Renato Requião, pelo Atlético, e o engenheiro Flávio, que responde pela obra. A comissão irá elaborar um termo de conduta. Vão assiná-lo, o Governo, a Prefeitura e o Atlético, isso deve ser feito publicamente ainda nessa semana para que a Prefeitura possa encaminhar a Lei do Potencial Construtivo e o Governo uma lei para que ele possa estar usando o FDE, a Agência de Fomento do Estado e o BRDE, onde poderemos colocar o Potencial construtivo ou o FDE garantindo o empréstimo para a obra”. 

“Hoje posso afirmar que a Copa vai ser na Arena da Baixada. Chegamos a solução faltando apenas detalhes burocráticos. O primeiro passo é a elaboração do termo de conduta. Serão emitidos 90 milhões de Potencial Construtivo baseados na metragem total da obra e esse potencial será utilizado por parte do Governo e da Prefeitura. Já o Atlético vai cumprir a parte dele”.

BRDE, Agência de Fomento do Estado e FDE

“O Governador deve começar a preparar isso juridicamente para encaminhar para a Assembleia. Isso vai correr em regime de urgência. Esses vão ser os agentes que vão atuar para transformar o Potencial Construtivo em recurso. Com o potencial construtivo, a própria obra vai se auto sustentar, o estado através de um mecanismo financeiro só irá vai facilitar”.

Fonte: Blog da Nadja Mauad (leia o post completo clicando aqui)


Atualização (21h45min): E o site oficial do CAP divulgou nota oficial sobre o assunto, leia clicando aqui.

domingo, 8 de agosto de 2010

Com novas falhas individuais, Furacão tropeça e apenas empata com São Paulo

Foto: Robertson Luz/Gazeta Press
O Furacão mereceu a vitória, perdeu algumas oportunidades claras, a principal com Guerrón, logo no primeiro minuto de partida. Além disso, novamente falhas individuais definiram a partida. 

O São Paulo, antes da expulsão de Manoel, não assustou, mas com apenas uma chance, marcou. O gol saiu numa falha de Manoel, muito parecida com a falha de Bruno Costa contra o Fluminense, na sequencia, Marlos cruzou para Cleber Santana, que chutou encima do goleiro Neto, que também falhou, não conseguindo evitar o gol.

Logo depois o Atlético partiu pra cima, com as saídas de Guerrón e Netinho, para as entradas de Mithyuê e Maikon Leite. E foi Maikon que marcou o gol de empate, em ótima jogada pela esquerda.

Mas aí, num passe errado de Paulo Baier, Manoel se viu obrigado a matar uma jogada perigosa do São Paulo, e foi expulso. Depois disso o Atlético ficou completamente desorganizado, e ainda quase tomou o gol que seria da derrota.

Mesmo com um a menos, o Furacão teve a chance de ganhar, em mais uma ótima jogada de Maikon Leite, mas a zaga do tricolor paulista conseguiu travar o atacante no momento do chute. E ficou nisso.

Arbitragem

E como já tem sido costume nos jogos do Furacão, o árbitro resolveu aprontar. 

Ainda na metade do segundo tempo, os zagueiros do time paulista fizeram faltas semelhantes a de Manoel, mas não tomaram o segundo cartão. 

Depois, no final da partida, Baier fez um lançamento para Maikon Leite, que, em posição legal, seguia sozinho, em direção ao gol, mas o árbitro ignorou o bandeira (que deu posição legal) e resolveu marcar impedimento por conta própria. O infeliz estava no meio do campo, e mesmo assim se achou em melhores condições do que o bandeira para anular a jogada.

Não contente com os seus erros, o senhor Gutemberg de Paula Fonseca resolveu atrapalhar mais ainda, dando apenas 3 minutos de acréscimo, sendo que aos 40 minutos de jogo, um jogador paulista ficou sendo atendido dentro do gramado até os 43 minutos.

Torcida

E como é bom ver a Arena lotada. Pra animar ainda mais a noite, a Torcida Os Fanáticos inovou apresentando uma linda faixa em conjunto com um mosaico. Ficou bonita a festa!


Veja os melhores momentos da partida:


Troféu Joinha
Maikon Leite. Jogou 15 minutos, fez o gol e criou outra oportunidade.

Troféu "Coxinha-de-Ouro"
Nieto. Se movimentou pouco e perdeu as poucas chances que teve, Alex, pra mim, é titular.

Leia mais sobre o jogo e o espetáculo da torcida nos seguintes links:

Linda festa atleticana (Blog Espaço Atlético)
A bola não! (Blog Espaço Atlético)

sábado, 7 de agosto de 2010

Dagoberto segue seu instinto natural de pipocar e não joga contra o Furacão

O atacante Dagoberto será poupado pela comissão técnica do São Paulo e não enfrenta o Atlético neste domingo, às 18h30. Sem ele, o técnico interino Milton Cruz pode escalar Fernandão e Ricardo Oliveira como dupla de ataque. Outra opção seria a entrada de Fernandinho.


Além de Dagoberto, o tricolor paulista tem outros desfalques: os zagueiros Alex Silva e Xandão e o volante Richarlyson, machucados, e o meia Hernanes, que foi para o Lazio, da Itália.


Dessa forma, o provável São Paulo para o jogo deste domingo tem: Rogério Ceni; Samuel, Renato Silva e Miranda; Jean, Rodrigo Souto, Cleber Santana, Marlos e Junior Cesar; Ricardo Oliveira (Fernandinho) e Fernandão.


Fonte: furacao.com (clique aqui e leia a matéria completa)


---

Opinião

E não é que o "Dagobambi" pipocou novamente? Depois da traumática atuação, ano passado, pelo Brasileiro, ele deve ter pensado melhor e decidiu seguir seu instinto de "pipocar". Pior pro Atlético, que teria a vida facilitada com "Dagobambi" em campo.

Rafael Santos


O site oficial do Atlético confirmou hoje a volta do zagueiro Rafael Santos a equipe principal. Ótima notícia, é um baita zagueiro.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Galatto poderá render 1 milhões de euros ao Furacão

Apenas exames médicos separam o goleiro Galatto de um acerto com o Málaga, da Espanha. Emprestado pelo Atlético ao Litex Lovech, o arqueiro teria sido um pedido do treinador do time espanhol, o português Jesualdo Ferreira.

A notícia interessa aos atleticanos uma vez que Rodrigo José Galatto tem seus direitos vinculados ao clube ainda, e, de acordo com a imprensa espanhola, estaria sendo comprado por 1,2 milhão de Euros.

Depois de perder espaço na equipe e prestígio com a torcida, Galatto foi emprestado ao Litex Lovech da Bulgária no começo do ano. Pelo seu novo time, o goleiro conquistou a titularidade e venceu a liga nacional.

Após se destacar no continente europeu, Galatto chamou a atenção do Málaga Club de Fútbol, time da primeira divisão da La Liga, como é conhecido o campeonato espanhol. Segundo o jornal AS, o Furacão ficará com 1 milhão de Euros enquanto o Litex receberá 200 mil.


Fonte: NotíciaFC.com (reportagem completa aqui)

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Veja como o torcedor deve se comportar segundo o Estatuto do Torcedor



PS.: Lembrando que a maioria dos itens do novo Estatuto do Torcedor são muito bem vindos, mas alguns são ridículos, como mostra o vídeo (com certo exagero, é claro).

[Arena da Baixada] Joel Malucelli afirma que aceita títulos de potencial construtivo

"Uma construtora precisa aceitar os títulos de potencial construtivo oferecidos pela prefeitura, para na sequência fazer o financiamento junto ao BNDES. O presidente do Atlético, Marcos Malucelli, prefere o silêncio, não indica nomes e deixa a situação correr. No entanto, apesar de não ter sido procurado pelo comandante do Furacão, o empresário Joel Malucelli disse que tem interesse em ajudar na solução.

“Minha construtora está interessada nas obras de adequação da Arena da Baixada”, afirma Joel, que é primo de Marcos, mas até o momento foi convidado para conversações apenas por dirigentes de outro Estado para falar sobre Copa 2014.

“Recentemente fui procurado pelo Corinthians, sobre a possibilidade de fazer o estádio deles. Estamos executando a construção da usina hidrelétrica de Mauá, orçada em R$ 1 bilhão. Qualquer grande obra paranaense nos interessa”, completa Joel, proprietário da construtora J. Malucelli. “Gostaria de analisar essas condições. Pode ser uma oportunidade para fazer o projeto”, concluiu."

Fonte: Felipe Lessa - Paraná-Online

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

BNDES aceita financiar as obras da Arena da Baixada...

... mas não aceita potencial construtivo como garantia!

"As discussões sobre as obras de conclusão da Arena da Baixada visando a Copa 2014 parecem estar chegando ao final. E a novela, ao que tudo indica, deve ter final feliz para os atleticanos. Nesta quarta-feira, em reunião no Rio de Janeiro, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou que a instituição aceita a proposta para financiar as obras de conclusão do Estádio Joaquim Américo para a Copa do Mundo de 2014. o encontro contou com as presenças do governador do Paraná, Orlando Pessuti, e do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci.

Entretanto, para viabilizar o empréstimo e consequentemente financiar as obras no estádio o BNDES exige que a construtora responsável pela obra ofereça as garantias financeiras para o financiamento. Essa construtora ainda não foi definida e deverá ser escolhida através de concorrência pública.

Em troca das garantias financeiras para a obra, a construtora receberá os créditos de potencial construtivo emitidos pela prefeitura de Curitiba – com esses créditos, ela poderá utilizar para si própria ou vender a outras construtoras o potencial construtivo para outros empreendimentos. 

De acordo com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, as normas do Banco Central exigem que não se possa aceitar o uso do potencial construtivo como garantia do empréstimo. 

Nos próximos dias deverá ocorrer uma reunião com as presenças de Pessuti e Ducci, além do presidente do Atlético, Marcos Malucelli, para discutir os detalhes do financiamento pelo Programa BNDES de Arenas para a Copa do Mundo de 2014 (ProCopa Arenas).

Fonte: Furacao.com"

Comitê pediu a Ricardo Teixeira participação de Curitiba na Copa das Confederações, em 2013.

A reunião só serviu para confirmar que o BNDES aceitará financiar as obras da Arena da Baixada, por meio de um empréstimo feito diretamente a construtora, que terá que apresentar garantias. Ou seja, nada além do normal, já que é justamente pra isso que o BNDES serve, emprestar dinheiro visando o crescimento do país, e como qualquer outro banco, exige garantias.

A diferença com relação as soluções apontadas anteriormente, é que os papéis de Potencial Construtivo serão repassados diretamente para a construtora, e essa construtora terá a responsabilidade de negociá-los para pagar o empréstimo.

E ainda segundo a reportagem, essa construtora será escolhida por concorrência pública. Mas ainda resta saber se a obra é vantajosa para alguma construtora, e pelo jeito só saberemos quando a concorrência pública sair.

Resumindo, a novela evoluiu, mas continua.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Perfeita a coluna de Ricardo Campelo, na Furacao.com

Alex comemora gol "chorado" contra
o Botafogo.
Coluna de Ricardo Campelo, da Furacao.com:

"...Independente do que já fez no passado, é absurdo o linchamento a que vem sendo submetido o atacante Alex Mineiro por alguns setores da imprensa, notadamente o Sr. Fernando Gomes. Ninguém merece tamanha perseguição, quanto mais o jogador mais decisivo da história atleticana, e maior ídolo de uma geração. 

Na partida contra o Cruzeiro, o narrador Edílson de Souza chegou a criticar o preparo físico do atacante após um passe equivocado de Branquinho, que tocou a bola atrás ("nas costas") do camisa 9, que chegava na cara do gol. 


É fato que Alex teve uma série de más atuações em 2010, supostamente motivadas por excessos na sua vida extra-campo. Porém, não se pode negar a sua evolução no período pós-copa. O atacante nitidamente vem se esforçando, e chegou a ter atuações brilhantes, como contra o Santos. 

Pergunto: Alex tem jogado muito abaixo de seu companheiro Bruno Mineiro? E o que dizer da comparação com Maikon Leite, incoerentemente exaltado pelo próprio comentarista da Transamérica?

Que diria o cronista se fosse Alex quem furasse uma bola dentro da pequena-área, como fez Maikon (em lance no qual o bandeira já assinalara impedimento)? 

Espero que o torcedor atleticano não caia nesta onda. "

Campelo também falou sobre a partida contra o Fluminense. Leia a coluna completa clicando aqui.

--- 

Perfeita a analise de Ricardo Campelo sobre as críticas absurdas que vem sendo feitas a Alex Mineiro. Pra mim, Alex, nesse período pós-Copa, já mostrou que está em melhor fase que seus concorrentes a vaga, e deve ser titular.

Sobre os comentários de Fernando Gomes sobre nosso ídolo, ou ele está ficando caduco, ou está com más-intenções.

Confira alguns lances decisivos do ídolo Alex Mineiro em 2010:





Jornalista Cosme Rímoli comenta sobre conversão da pena de Danilo


"Por que não dar também umas chibatadas no Manoel?


Palmas, muita palmas para a liberação de Danilo.
Ele teve de cumprir menos da metade da sua pena.
Em uma cena deplorável, ele cuspiu e ainda chamou Manoel de 'macaco do c...'
Pegou 11 jogos de suspensão.
Sua pena seria exemplar, de acordo com quem manda na Justiça Esportiva do Brasil.
Serviria de exemplo para crianças.
Mesmo com raiva, um jogador de futebol deveria não ter um atitude discriminatória.
O Direito adora expressões que disfarcem o que realmente aconteceu.
Danilo do Palmeiras foi racista com o negro Manoel.
Nunca câmeras de tevê pegaram tão bem e de forma clara essa postura nojenta.
Fora a cusparada.
Mas o tempo passou.
As pessoas esqueceram.
Os advogados do Palmeiras insistiram.
O clube é forte nos bastidores.
Os advogados do Atlético Paranaense deixaram para lá.
E, pronto, depois de cinco partidas, Danilo está leve, livre e solto.
Pode jogar contra o Corinthians.
Exemplo sensacional para as criança, racistas, estúpidos em gera.
O caminho é esse: quer comparar alguém a um macaco, não há problema.
Primeiro o susto.
Depois, prometa várias cestas básicas e tudo bem.
Você está livre para voltar a xingar quem quiser.
Se quiser cuspir, fique à vontade.
Ah, por ter trocado cotoveladas com Danilo, Manuel deverá cumprir seis partidas.
Além de humilhado, ter sido xingado de macaco e tomado uma cusparada na cara, deverá ficar suspenso mais do que Danilo.
Palmas para a Justiça Desportiva brasileira.
Por que não dar também umas chibatadas no Manoel?"

Relembra o caso:

domingo, 1 de agosto de 2010

Com erros individuais, de jogadores e técnico, Atlético perde pro Flu

Mesmo com o resultado inquestionável de 3 a 1, não foi uma partida ruim do Atlético contra o Fluminense, ontem, no Maracanã.

No primeiro tempo, o Furacão foi até um pouco melhor que o tricolor carioca, mas em uma falha bisonha de Bruno Costa, Conca fez cruzamento perfeito para Washington, que não perdeu. E falhas defensivas de Bruno Costa são normais, esse é o problema. Como vem atuando bem ofensivamente, fazendo gols e dando assistências, o jogador acabou virando "titular" da equipe, mas o Carpegiani tem que lembrar que Bruno é zagueiro, e não atacante. E como zagueiro, é fraco.

Já no segundo tempo, o Atlético voltou com Maikon Leite no lugar do próprio Bruno Costa, que depois da falha, ficou perdido em campo. O time começou bem, até que nosso técnico resolveu inventar novamente, tirando Wagner Diniz, que fazia partida regular, para a entrada de Alex Mineiro.

Se a alteração fosse treinada, tudo bem, mas parece que Carpegiani surpreendeu os próprios comandados, que simplesmente se perderam em campo, e logo, num contra-ataque, tomaram o segundo gol, num erro do volante Vitor. E mesmo depois do gol, a equipe parecia perdida, e não era pra menos, já que praticamente nenhum jogador estava atuando na mesma posição que entrou jogando. Esse tipo de mudança radical só pode acontecer com muito entrosamento e treinamento, e não parece ter sido o caso.

Depois, o Fluminense tirou um pouco o pé do acelerador, e o Furacão até teve chances de diminuir, ou até mesmo empatar a partida. O Flu ainda marcou o terceiro, e o Furacão diminuiu com Bruno Mineiro, de cabeça.

No resumo da ópera, o erro de Bruno Costa, no primeiro tempo, e as alterações bisonhas de Carpegiani traçaram o resultado da partida.

Ps.: Parabéns aos atleticanos e para a Embaixada do Atlético no Rio de Janeiro, que foram em ótimo número apoiar o Furacão no Maracanã!

Troféu Joinha
Paulinho. O lateral vem evoluindo bem a cada partida. Apoiou bem contra o Flu.
Torcedores do CAP no Rio de Janeiro, que foram em peso assistir a partida no Maracanã. Parabéns!

Troféu "Coxinha-de-Ouro"
Bruno Costa, pelo erro que mudou a história do jogo.
Carpegiani, pelas invenções que mais atrapalharam do que ajudaram.


Assista os melhores momentos: