quinta-feira, 22 de julho de 2010

Furacão passa por cima do Santos na Arena, e ficou barato

Time comemora primeiro gol.

"No duelo entre a pior defesa e um dos melhores ataques do Brasileirão, melhor para o Atlético diante do Santos. Com um futebol envolvente e uma defesa sólida como há muito tempo não se via, o Furacão bateu o Peixe, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (21), na Arena da Baixada. Ao vencer após três jogos de seca, o time conseguiu sair da incômoda Zona de Rebaixamento e alcançou o 15º lugar - mas ainda pode ser ultrapassado pelo Botafogo, que jogada neta quinta (22). Mais do que isso: voltou a mostrar garra e determinação e, além de devolver o sorriso ao seu torcedor, manteve a esperança de dias melhores para o restante da temporada.


A comemoração do zagueiro Bruno Costa, que marcou o primeiro gol atleticano na noite, foi emblemática. Com a mão esquerda, apontou e bateu para o braço direito, como quem quis dizer que há, sim, sangue correndo naquelas veias.


No começo do segundo tempo, outro Bruno, desta vez o Mineiro, driblou zagueiros e o goleiro alvinegro antes de ampliar e fechar a vitória dos donos da casa.


Comandados pelo capitão Paulo Baier , que liderou a ótima apresentação da equipe vermelha e preta, e pelo veterano atacante Alex Mineiro, que apesar de não ter balançado a rede, incomodou muito a zaga santista, os comandados do técnico Paulo César Carpegiani jogaram a melhor partida do ano até aqui. O badalado Santos passou longe de ser aquele time que foi campeão paulista.


No próximo domingo (25), às 16h, o Rubro-Negro enfrenta o Goiás, fora de casa, pela 11ª rodada da Série A.

Fonte: Gazeta do Povo (matéria completa, clique aqui)"

 --- 

Troféu Joinha
Paulo Baier, que fez sua melhor partida no ano;
Vitor, que marcou muito, correu demais e armou boas jogadas;
Bruno Costa, que teve sua melhor atuação com a camisa do Furacão, marcando novamente contra o Santos;
Alex Mineiro, que jogou muito, meteu bola na trave, e deu duas assistências pro Baier quase marcar.

Troféu Coxinha de Ouro
Hoje, nenhum rubro-negro merece o Troféu Coxinha de Ouro. Espero que seja sempre assim.

2 comentários:

  1. primeira vez q visito o blog, nao tem como mudar essa coxinha de ouro por uma coxinha de latão???

    ResponderExcluir
  2. O Coxinha de ouro é a pior coisa do mundo meu...
    Qualquer coxinha serve como prêmio para o pior! hehehehehehe!

    Vlw

    ResponderExcluir