quarta-feira, 7 de julho de 2010

Empresário de Wallyson explica a negociação do jogador com o Cruzeiro

Wallyson comemorando gol.
 Da Furacao.com:

"A oficialização da contratação do atacante Wallyson, de 21 anos, pelo Cruzeiro, ainda depende da oficialização na Justiça de um acordo da empresa investidora, a HAZ Sport Agency, com o Atlético, clube que tem vínculo com o atleta até 2 de setembro.

Wallyson e seu representante, Flávio Anselmo, ficaram em litígio com o Atlético porque o clube entendia que o contrato dele poderia ser renovado automaticamente a partir de setembro. No entanto, a Justiça determinou que, ao fim do vínculo atual, ele estará liberado.

No entanto, a HAZ, empresa dos agentes argentinos Fernando Hidalgo (ex-representante de Sorín), Gustavo Arribas (representante de Farías) e do israelense Pini Zahavi, entrou em acordo verbal com o Atlético para que Wallyson seja liberado imediatamente. Após o pagamento de uma indenização, não revelada, a empresa ficou com 80% dos direitos do atacante.

Wallyson detém 10% e o empresário Flávio Anselmo, 10%.

Em entrevista ao Superesportes, Gustavo Arribas, da HAZ Sport Agency, confirmou a negociação com o Cruzeiro, mas foi cauteloso, uma vez que os contratos ainda não estão assinados.

Eu estou comprando os direitos do Wallyson para colocar no Cruzeiro. A gente está fazendo os contratos. Está feito verbalmente, mas tem que se assinar os contratos. O problema é que ainda tem uma pendência judicial com o Atlético Paranaense. Nós estamos pagando uma compensação financeira para o Atlético liberar. Embora esteja tudo acordado, ainda estamos fazendo os contratos. Todo mundo está trabalhando para ele ir para o Cruzeiro. O jogador já acertou salários, aparentemente está tudo certo. Mas é melhor esperar até que os contratos estejam assinados”, disse Arribas.

Curiosamente, Arribas é o mesmo empresário que ainda intermedia a vinda do argentino Ernesto Farías, do Porto, para o Cruzeiro, e que realizou uma transação semelhante com o lateral-esquerda Alex Sandro, depois repassado ao Santos.

A HAZ repassaria 30% dos direitos de Wallyson ao Cruzeiro numa futura negociação.

Wallyson marcou gol importante contra o Botafogo em 2009.

História

Wallyson foi revelado pelo ABC de Natal e se profissionalizou em 2007. Naquele ano, ele conquistou o Campeonato Potiguar e foi o artilheiro, com dez gols. No segundo semestre, ajudou o clube a obter o acesso para a Série B e foi o terceiro maior goleador da Série C, com 16 gols.

O assessor de imprensa do ABC, Leonardo Cuca, disse que Wallyson é um jogador “rápido, habilidoso e que parte para cima dos adversários”. “Aqui, ele costumava jogar pelo lado direito, pois é um jogador de velocidade, que usa as beiradas do campo. Posso dizer que tem faro de gol e saiu daqui como ídolo, apesar de jovem”.

Em 2008, Wallyson foi negociado com o Atlético e, a princípio, ficou no time júnior. Ao subir para o profissional, na mesma temporada, o jogador chegou a fazer boas apresentações. No entanto, a titularidade só foi conquistada no ano passado. Wallyson foi até eleito a revelação do Paranaense de 2009.

Apesar disso, a carreira não decolou como todos esperavam. “Havia uma grande expectativa em torno dele, mas ele mostrou ser um jogador comum. É rápido, sabe driblar, chuta bem, é jogador de velocidade. Seu melhor momento foi na Copa do Brasil do ano passado, quando o Atlético enfrentou o Corinthians. Ele fez um dos gols na vitória por 3 a 2 na partida de Curitiba”, disse o repórter Fernando Rudnick, do jornal Gazeta do Povo.

Este ano, Wallyson atuou em apenas dez jogos pelo Atlético e não marcou nenhum gol. Foram nove apresentações pelo Paranaense e um pela Copa do Brasil.

Segundo o assessor de imprensa do ABC, Wallyson está há cerca de 15 dias em Natal. Desde que o seu futuro ficou a cargo da Justiça, ele vem mantendo a forma física no clube potiguar.

Reportagem: Bruno Furtado (Superesportes)"

---

Como já disse aqui no blog, Wallyson tem muito potencial. No Cruzeiro, deve ir bem, e logo seguirá para a Europa. Boa sorte para o atacante!

Nenhum comentário:

Postar um comentário