segunda-feira, 5 de julho de 2010

Carpegiani promete um novo Atlético no Brasileirão, no 4-4-2

image #1
Carpegiani animado com o time.
Do Paraná-Online:

"Paulo César Carpegiani assumiu o Atlético no início de junho e esteve à frente da equipe em dois jogos antes da paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. Conquistou um triunfo, na Arena, contra o Botafogo (3 x 2) e perdeu para o Vitória-BA, em Salvador, por 1 x 0.


Nesses jogos, viu deficiências no elenco e solicitou contratações. Além disso, detectou uma equipe abatida e sem muita comunicação. Quase quatro semanas após o início da intertemporada, o treinador conversou com o Paraná Online e falou sobre a evolução do seu grupo de trabalho e o que espera do Rubro-Negro no segundo semestre. Ele crava que o Furacão vai brigar pela parte alta da tabela. Confira:


Do torneio Cidade de Londrina, que o Atlético se sagrou vencedor, o que você tirou de positivo?


Carpegiani - Primeiro, que os titulares ficaram em Curitiba, aprimorando a parte física. Isso foi importante para a preparação. Mas o grupo que levei para Londrina se portou bem. 


Na parte defensiva foi muito bem e ofensivamente com um pouco de dificuldade. Fiquei satisfeito pelo empenho, porque o grupo demonstrou que tem condições. Vencemos um Corinthians quase completo. Gostei do Paulo (Paulinho, lateral-esquerdo) e do Leandro atuando pelo lado direito, enquanto não solucionamos o problema naquele setor. 


Paraná Online - Antes da interrupção do Campeonato Brasileiro, você disse que não conhecia o elenco e que precisava de tempo para avaliações. Como está agora?


Carpegiani - Já conheço o grupo e sei onde posso usar qualquer um dos jogadores. Improvisação somente em última instância. Acho que tenho jogadores para cada posição. Conheço meu grupo perfeitamente e sei quem pode render. Além disso, estamos fortalecendo esse grupo, que vai superar todas as dificuldades. 


Paraná Online - Você está mudando a forma do Atlético jogar na parte tática. Vem testando uma linha de quatro na parte defensiva, com três zagueiros e um lateral esquerdo. É assim que o Atlético vai jogar? 


image #2
Alex Mineiro já marcou dois gols nos amistosos.
Carpegiani - Estamos testando. Não tenho ainda aquele lateral-direito que corresponda com o que eu quero. Tenho o Wagner Diniz, que ainda não testei. Estou confiante.


O Leandro está atuando por ali e quero ter segurança no setor. Vou compensar com um atacante mais agudo no lado direito. Tenho que compensar a não subida do lateral com um atacante. Quero uma equipe segura atrás, rápida no meio e na frente. Esse equilíbrio é fácil de falar, mas difícil de alcançar. Estamos trabalhando para isso. 


Paraná Online - O Atlético se acostumou a jogar nas últimas temporadas no sistema 3-5-2. Como você tem visto a adaptação dos atletas a essa mudança que você está processando?


Carpegiani - Estou gostando dos treinamentos. Eu tenho três zagueiros na formação do time, mas não jogo com três zagueiros. Só jogarei nesse sistema (3-5-2) em caso de uma necessidade. Quero enfrentar times que atuem com três zagueiros. 


Paraná Online - No seu entendimento, o que mudou no Atlético desde a sua chegada ao clube?


Carpegiani - A motivação. O grupo está muito mais confiante O exemplo maior é o Rhodolfo, que está numa fase excepcional. Quando cheguei o grupo estava meio cabisbaixo e hoje está tranquilo. È um grupo que quer jogar. Eu gosto disso: de um time competitivo e que jogue.


Paraná Online - Até onde esse grupo do Atlético pode chegar? 


Carpegiani - Quero chegar lá em cima. Ter ambição sempre. Time sem ambição é melhor fechar as portas. Quero um Atlético ambicioso. Se vamos conseguir chegar lá em cima, eu não sei. Porque é fácil eu falar aqui. Mas quero um time que jogue em função do gol. Acho que vou conseguir.


Paraná Online - Se fosse para você impor um objetivo, conquistar uma vaga para a Libertadores estaria bom?


Carpegiani - Não quero colocar objetivo nenhum. Vou pagar para ver. Com exceção do time que já está lá em cima, que é o Corinthians, todos querem se distanciar da parte de baixo (da tabela) o mais rápido possível. É isso que queremos também.


Paraná Online - É um novo campeonato após a parada da Copa?


Carpegiani - Eu quero encarar dessa forma. Quero buscar pontos. Jogando fora ou dentro de casa não vou modificar a forma de atuar do Atlético. Prefiro ganhar um jogo do que empatar três. Eu tenho ambição de ganhar e os jogadores vão ter que entender isso. Eles estão entendendo que é importante ser competitivo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário