sexta-feira, 11 de junho de 2010

Resumo da Ópera (Blog da Baixada)


"Curitiba quer a Copa.

O governo do estado quer a Copa.

A prefeitura quer a Copa.

Para tanto, é necessário um estádio que atenda às exigências da Fifa.

O Atlético oferece, gratuitamente, a sua Arena ao município.

Uma Arena que já está 70% concluída. E ainda se dispõe a bancar o restante dos 30% da obra dentro de seu projeto original de conclusão.

Ao estado e ao município, basta investir nas obras que atendem às exigências da Fifa para o Mundial.
Mas a um custo 10 vezes menor do que a construção de um novo estádio.

Isso sim, uma obrigação das autoridades, e não do clube. O Atlético não disputará a Copa. Nem controlará o estádio durante a Copa. E ainda terá de ficar sem seu estádio durante as obras.

É isso.

Simples assim."


Concordo, é simples assim. O problema é que investidores não estão mostrando interesse e bancar o projeto, afinal é MUITA grana pra deixar o estádio do jeito que a FIFA quer. E sem capital privado, a bomba cai no dinheiro público, e aí tudo fica mais complicado, já que o estádio é privado.

O fato é que o Atlético NÃO PODE se endividar por causa da Copa do Mundo. Prefiro um time com as contas em dia (pra contratar jogadores, pagar salários e manter as categorias de base) e sem Copa em Curitiba, do que um clube quebrado por causa de duas ou três partidas da Copa 2014 na Arena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário