sexta-feira, 21 de maio de 2010

Reforços ou apenas apostas?

O presidente do conselho Administrativo, Marcos Malucelli, e o diretor de futebol Ocimar Bolicenho, vem falando sobre as possíveis contratações para o rubro-negro durante toda a semana. E sempre que falam sobre isso usam o termo "reforços". Mas será que todos os nomes que estão sendo cogitados serão reforços de verdade, ou são apenas promessas?

A minha opinião sobre cada um é:

Washington - Reforço!
O Coração Valente vem pra ser titular. É só chegar e entrar pra jogar. Concordo quando dizem que ele não é um jogador técnico, que muitas vezes chega até a "brigar com a bola". Mas o fato é que, Washington na posição certa, na área, fazendo o pivô, é um excelente atacante, goleador. Mesmo no São Paulo, em má fase, é o artilheiro do time. Ao lado de Bruno Mineiro, ou mesmo jogando com outros dois atacantes, fará sucesso novamente no Furacão.



Carlinhos Paraíba - Aposta!
Carlinhos, em 2008, jogou muito. Lembro da decisão do Paranaense, na Arena, quando ele não errou um passe sequer, e cobrou duas faltas com perfeição, com defesa do fraco goleiro Vinícius, que falhou depois, decidindo o título. Mas depois disso, não voltou a jogar bem pelo Coritiba, sendo inclusive vaiado em várias oportunidades, no ano passado. No São Paulo, dizem que não apresentou bom futebol, mas nem chegou a ter chances, jogou pouco. Por isso, pra mim, é um boa aposta, mas não um reforço.

Maikon Leite - Aposta!
Maikon mal começou a mostrar o porque era apontado futuro ídolo do Santos e já se machucou gravemente. Chegaram a dizer que ele não jogaria mais futebol, e ele voltou. Mas voltou num período onde o Santos já tem um time espetacular, deixando o garoto sem espaço nem na reserva. E se ele ainda é apenas uma aposta pro Santos, pro Furacão não é diferente. Mas acho que vale a tentativa. Vem pra ser reserva e ganhar espaço aos poucos, como Wesley.



Madson - Reforço!
Eu acho um jogador fraco tecnicamente, parecido com Márcio Azevedo, pois tem raça, luta por todas as jogadas, chuta forte. Típico jogador que acaba dando certo no Furacão. Por isso acho que pode ser um reforço pro Atlético. Mas acredito que ele não vem, já que entra em todas as partidas do Santos.

Enfim, pelo que conheço da atual política de contratações do CAP, se apenas o Washington vier, já fico feliz.


* Em tempo: ontem, li que Ricardo Teixeira vai receber o título de cidadão honorário de Curitiba, na terça-feira, juntamente com a confirmação da "viabilidade financeira" para a realização da Copa na cidade. Isso só confirma que os fatores políticos são muito mais importantes do que os fatores técnicos, em todas as decisões tomadas em nosso país. Temo que, se no mundo todo as coisas funcionem assim, estamos perdidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário